Gourmet e Vinhos

Brigadão: os brigadeiros do Porto que vão até sua casa

Há 16 sabores e um bolo de brigadeiro feito com pão de ló. No verão, chega a loja física.

Uma publicitária, uma vendedora e uma arquiteta entram numa cozinha. O que sai de lá? Uma ideia, um negócio e centenas de brigadeiros, feitos por duas brasileiras e uma portuguesa. A Brigadão chegou ao Porto em março e prepara-se para fixar raízes por altura do verão, com uma loja na zona da Baixa. Para já, os brigadões só estão disponíveis por encomenda.

A visão do negócio começou a ser trabalhada por Luiza Werfel e Mónica Monteiro, fruto da paixão pelos brigadeiros e um gosto particular pela cozinha. “Queríamos trabalhar em algo que nos desse prazer”, explica Luísa enquanto junta aos doces uma “mensagem de agradecimento”. Na verdade, em cada caixinha há sempre uma mensagem positiva e “um obrigado”, ou melhor, um “um [O]Brigadão”.

Mónica Monteiro, 30 anos, é a cozinheira de serviço. Luiza está encarregue da imagem e do design da marca e, de Londres, a irmã Marina gere toda a parte burocrática. O objetivo é simples: “Vender brigadeiros mas não só. Queremos também passar uma mensagem de agradecimento. Agradecer à vida. E por isso juntamos sempre uma mensagem inspiradora nas encomendas.”

Ao todo, há 16 sabores para provar. Os maiores sucessos? “O Churro, com chocolate branco, doce de leite, açúcar e canela, o Negro, com chocolate negro, mais forte que o habitual, ou o de Oreo”.

Os Brigadões são vendidos em caixas de 30 (29€) e 80 unidades (72€). As primeiras incluem um ou dois sabores e as maiores podem levar até quatro sabores ou ainda uma opção de degustação, que inclui até 10 variedades diferentes. Para os miúdos há caixas especiais, preenchidas com brigadeiros mais pequenos, de 24 (14€) a 50 (34€) unidades.

Para além dos brigadeiros, pode também encomendar o Bolo Brigadão, feito com pão de ló ou chocolate e com o recheio de brigadeiro que preferir. É vendido em dois tamanhos: pequeno (25€), para 6 a 10 pessoas, e grande (45€), para 15 a 20.

Para além do site, é possível encontrar os Brigadões noutros locais. Para além de estarem presentes nos vários mercados por toda a cidade, recebem encomendas de restaurantes: “Temos tido muitos pedidos, as pessoas vão experimentando e a receção tem sido positiva.”

As entregas são feitas apenas na zona do grande Porto.

Carregue na imagem acima para conhecer alguns dos brigadeiros que pode provar.

FICHA TÉCNICA

  • Grande Porto
email
info@brigadao.pt
site
http://www.brigadao.pt/
facebook
https://www.facebook.com/brigadao/timeline
PREÇO MÉDIO
?

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT