Cafés e Bares

A bicicleta que anda pelos jardins de Lisboa a vender pastéis de Belém está de volta

Os conhecidos doces vão ser vendidos sobre rodas durante os próximos meses. Apenas estão disponíveis caixas com seis unidades.
A venda ambulante é feita até outubro.

Nos próximos tempos é provável que Lisboa esteja a abarrotar de turistas. Um dos pontos de visita obrigatória para quem chega à cidade é a fábrica dos pastéis de Belém. As filas serão longas — como sempre —, mas até outubro não precisa de esperar se quiser satisfazer a gula. Basta estar atento à bicicleta que irá andar pelos jardins da zona a vender a conhecida iguaria.

A iniciativa “O pastel vai aos jardins”  já tinha acontecido em 2021 também por volta desta altura. A venda ambulante será feita até ao final do mês de outubro. Apenas são vendidas caixas com seis unidades (6,60€). O pagamento pode ser feito em dinheiro ou através de multibanco.

A bicicleta vai andar por alguns dos jardins da zona de Belém e quando a vir passar, basta acenar. O percurso é feito entre os jardins Afonso de Albuquerque, a Praça do Império e o Jardim Vasco da Gama e conta ainda com passagens junto aos museus da Marinha, dos Coches e do Centro Cultural de Belém.

A bicicleta, adaptada com uma caixa à frente e outra atrás, é uma famosa pasteleira — uma alcunha que, neste caso, assenta como uma luva. O percurso será feito até ao final da tarde.

 Já a fábrica na Rua de Belém está a funcionar até às 21 horas — caso não se cruze com os pastéis no jardim.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT