cafés e bares

A frase mais ouvida no novo Castro: “Quero um pastel de nata e um café”

Depois do Porto, a marca abriu um espaço em Lisboa com o típico doce de pastelaria português. Tem café e vinho do Porto para acompanhar.
Os pastéis de nata estão disponíveis a todas as horas.

A Rua Garrett, em Lisboa, ficou imprópria para quem está de dieta. Se quer chegar aos Armazéns do Chiado o melhor é fazer um desvio. Aqui já existia a Alcôa, com vários doces conventuais, tanto na montra com nas vitrines interiores. Desde este sábado, 18 de dezembro, que existem novas gulodices do outro lado da rua: pastéis de nata acabados de sair do forno.

Este é o produto estrela do novo Castro. No toldo está mesmo escrito: atelier do pastel de nata. Lá dentro, pode ver como se fabrica o típico doce. Tudo começa com a preparação da massa folhada — que é depois colocada nas formas — seguida da confeção do creme, com a mistura de ovos e leite. Depois passam pelo forno e mais tarde chegam à montra.

O creme descansa durante 24 horas antes de ser colocado nas formas, para ganhar mais sabor. Cada pastel fica a 1,10€. Já uma caixa de seis unidades custa 6,50€. Para acompanhar, o melhor mesmo é pedir um café.

E são várias as opções: expresso, duplo, descafeinado, abatanado, galão, latte, capuccino ou até café com natas. O pastel pode ser também pedido com meia de leite, chocolate quente e chás da Gorreana, dos Açores.

Outro clássico é o vinho do Porto: tem cálices de 5,50€ a 9,50€, no caso de um Tawny 10 anos. Ginjinha é outra das sugestões com álcool. Se preferir outra bebida não alcoólica, tem águas, refrigerantes ou até limonadas — com preços a partir de 1,50€.

Este é o segundo espaço Castro no País. O primeiro abriu em dezembro de 2019, no Porto, na Rua Mouzinho da Silveira. Tal como ns loja do norte, a versão de Lisboa apresenta uma decoração requintada. Existem vários apontamentos dourados, outros em tons de azul e até loiças da Vista Alegre. As caixas e os sacos de take-away seguem a mesma linha de cores. No Castro, em Lisboa, é possível comer os pastéis no local, com açúcar em pó e canela, ou levar para os devorar pelo caminho. 

Este é um projeto da Plateform, um grupo de restauração que junta várias marcas como a Vitaminas, a Zero Zero, a Walk to Walk, a Delidelux e o restaurante com duas estrela Michelin Alma, de Henrique Sá Pessoa.

Carregue na galeria para conhecer mais sobre o novo Castro.

FICHA TÉCNICA

  • MORADA
    Rua Garrett 38, 1200-204 Lisboa
    1200-092 Lisboa
  • HORÁRIO
  • Das: 11:00
  • as: 20:00
PREÇO MÉDIO
Entre 10€ e 20€
TIPO DE COMIDA
Café

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT