Cafés e Bares

A Mercearia À da Maria tem os cabazes perfeitos para oferecer este Natal

Vinhos, queijos e doces são algumas das sugestões destes presentes com preços que variam entre os 15€ e os 100€.
Os cabazes que foram um sucesso o ano passado voltaram.

A Mercearia À da Maria surgiu a 2 de novembro de 2020, numa altura em que o desejo de uma ex-diretora comercial por estar envolvida em novos projetos era cada vez maior. Tem 34 anos e chama-se Marisa — sim, não é Maria. E se há uma coisa que define aquela pequena loja é a proximidade com os clientes (e agora os irresistíveis cabazes de Natal).

“Gosto muito de comunicar e do contacto próximo com as pessoas. Algo que torna a minha mercearia diferente é o facto de eu saber a história das pessoas que lá vão, sei o nome de toda a gente. Procuro saber um bocadinho das pessoas e ter essa proximidade com o cliente final, o que não existe nas grandes superfícies”, conta Marisa Fidalgo à NiT.

O espaço abriu em plena pandemia, algo que preocupou a proprietária, mas que não a impediu de seguir aquele sonho. Na verdade, o medo de começar uma nova fase na nossa vida é algo comum, estejamos durante um período pandémico ou não. “Tive um pressentimento de que iria dar certo. O projeto também é diferente, e temos de acreditar naquilo que queremos. Receio temos sempre, mas também temos de ter força para trabalhar e seguir em frente”. 

É o seu primeiro projeto na indústria na restauração, mas Marisa afirma que o seu antigo emprego a ajudou nesta nova aventura. “O meu trabalho trouxe-me muita bagagem, quer em termos de negociação com os fornecedores, quer na questão de lidar com as pessoas. Porque eu falava com os clientes dos hotéis e dos restaurantes. Já tinha tido essa experiência. Toda a experiência que vem de trás ajuda.”

A Mercearia À da Maria fica em Loulé: “Fica numa área mais habitacional. Tem escolas, tem uma grande superfície, mas nada por aí além.” Marisa Fidalgo quis trazer desta forma uma nova vida à cidade, onde os grandes supermercados é que costumavam estar em destaque.

Por aqui podemos encontrar todos aqueles produtos típicos de um estabelecimento do género: chás, verduras e frutas frescas, queijos, vinhos e guloseimas. “Tenho também muitos produtos da região”, afirma. Entres eles constam os “enchidos, paio, chouriços, doces e compotas.” Pode optar ainda pelas comidas a granel, como o feijão, o grão e os frutos secos como a macadâmia, que não se encontram facilmente em muitos lugares.

Porém, existe um fator que distingue a loja dos outros espaços concorrentes. Todas as delícias que ali encontra vêm de produtores pequenos, através de um contacto direto entre ambas as entidades. Segundo nos explica, essa abordagem faz com que estes produtos sejam únicos e difíceis de encontrar em qualquer outro sítio. “Eu quero ser diferente”, explica, em jeito de resumo daquilo que a caracteriza desde que abriu a loja.

No Natal do ano passado, a mercearia de Marisa Fidalgo decidiu começar a vender cabazes de Natal. O sucesso foi tanto que este ano voltaram a apostar de novo na iniciativa. Nesta altura do ano temos (ou devemos) de comprar presentes para a família e amigos, e chega a uma altura em que a inspiração simplesmente acaba. Com um cabaz, trocamos as ofertas materiais por algo que acabará por dar mais jeito no dia a dia para toda a família — pelo menos é esse o desejo da empreendedora.

Para não ser uma cópia exata do que vendeu no ano passado, Marisa tentou encontrar novos produtos. Até o embrulho mudou, embora mantenha o seu aspeto artesanal. “Em 2020, era feito com flores secas, este ano é com laranjas desidratadas.”

Neste cabaz tem opões para toda a gente. “Tenho uns que levam chá e biscoitos. Outros têm vinho, compota, queijo, presunto e paio. É personalizável ao valor que o cliente quer gastar, ou ao tipo de produto que queira ter no cabaz.”

Mesmo assim, existem cabazes já pré-feitos, onde as comidas podem ser trocadas por outros artigos do mesmo género. “Nos cabazes de vinho a garrafa faz toda a diferença. Uma coisa é ter uma de 6€, outra é receber uma de 20€ ou de 30€.”

Os preços variam entre os 15€ e os 100€, consoante, claro, aquilo que escolhe. Uma opção de 20€ inclui um garrafa de vinho do Cadão, um queijo de oriola e outro de figo e ainda uma compota. Caso queira ter um presenta ainda mais composto, pode sempre escolher o cabaz de 56€, que traz uma garrafa de Cadão Vinhas Velhas, um paio, bombons, bolos regionais de amêndoa, uma compota e um queijo da Malpiqueijo.

Se por acaso isto não é o suficiente para trazer espírito natalício a todos à sua volta, pode provar os chás de Natal, que têm diferentes ervas. Existem ainda champôs e amaciadores sólidos e outros produtos de beleza.

FICHA TÉCNICA

  • MORADA
    Praceta Estanco Louro 9A R/C, Loulé
    8100-231 Loulé
  • HORÁRIO
  • De terça-feira a quinta-feira das 9 horas às 20 horas
  • Sexta-feira das 9 horas à meia-noite
  • Sábado das 9 horas às 19 horas.
PREÇO MÉDIO
?
TIPO DE COMIDA
Mercearia

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT