Cafés e Bares

Acusado de plágio, Lidl vai deixar de vender os famosos coelhos de chocolate

A empresa suíça Lindt tem um produto semelhante e para que os clientes não os distinguem. Um tribunal suíço concordou com esta afirmação.
Diga adeus ao coelhinho.

Sabe aqueles coelhinhos de chocolate que encontra em todos os supermercados Lidl? Vai ter de começar a despedir-se deles — ou a encher a despensa — porque vão deixar de ser fabricados, após a marca Lindt & Spruengli ter acusado a cadeia e várias outras marcas de imitarem um dos seus produtos mais famosos.

O tribunal federal de Lausanne, na Suíça, pediu ao Lidl que deixasse de fabricar imediatamente estes chocolates e que destruísse também todo o stock existente. Contudo, os juízes explicam que isto não tem de ser levado num sentido literal, e que os produtos podem simplesmente ser derretidos e, talvez, reutilizados no futuro.

Esta é uma batalha jurídica que a Lindt trava há alguns anos, com o objetivo de proteger um dos seus produtos best sellers, que voa das prateleiras na altura da Páscoa (e também no Natal). Segundo a marca suíça, a proposta do Lidl podia ser facilmente confundida com a sua, porque ambas têm um embrulho num tom dourado e um coelho sentad, além de um adereço à volta do pescoço.

 

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT