Cafés e Bares

Bla Bla Glu Glu: os petiscos mais descontraídos de Lisboa estão na Mouraria

O espaço é um projeto do chef Leopoldo Garcia Calhau, vizinho da Taberna do Calhau.
Um espaço a descobrir.

O espaço é pequeno mas acolhedor, à mesa chegam pequenos pratos que pedem aquela atenção de quem petisca, com o olhar focado no que se come e uma das mãos ocupadas a segurar o copo de vinho. Aqui conversa-se, petisca-se, bebe-se e diverte-se. É verdade o que dizem: as melhores coisas da vida são também as mais simples.

Os tempos têm sido de desafio para o mundo da restauração e o chef Leopoldo Garcia Calhau sabe bem que a pandemia fez deste um verão diferente de qualquer outro na nossa memória recente. Ainda assim: “não me posso queixar”, diz à NiT. A razão? O Bla Bla Glu Glu, um espaço brincalhão no nome, descontraído no ambiente mas onde os petiscos que se servem, entre o quente e frio, dão outro encanto à Mouraria.

O wine bar abriu mesmo ao lado da Taberna do Calhau, onde o chef tem mostrado a sua capacidade de trabalhar e reinventar os sabores da gastronomia nacional, em particular as do seu Alentejo. O Bla Bla Glu Glu era para ser também um lugar que se distinguisse e por isso ali “as fronteiras da comida são mais da Europa Ocidental”.

Com a Taberna do Calhau ainda a preparar o seu regresso, alguns dos clientes do espaço têm acorrido àquele novo lugar. Mas há também clientela nova que ali chega. Uma parte da ementa continuará em aberto, com margem para novas experiências. Mas há sempre obrigatórios, como as tábuas de queijos (12€) e enchidos (15€) ou os escabeches.

Um lugar especial para o chef.

O chef admite que o Bla Bla Glu Glu tem sido muito procurado pelo que ali se come. Mas não nos enganemos: aquele é um wine bar e por isso a oferta de vinho será alargada, perfeita para variar em função dos petiscos que se tem pela frente. A história do nome é também um reflexo do lado descontraído e de experiência que Leopoldo procura ter ali.

O nome é uma pequena construção em família, conta-nos. A mulher, belga francófona, costuma usar a expressão “blá blá” em tom de brincadeira. “Escolhi o blá blá e ela juntou o glu glu, foi um trabalho a meias”, conta. Um que ainda contou com a ajuda do filho de nove anos na escolha do slogan: “um lugar onde os copos falam e as pessoas bebem”.

Até 18 de setembro o espaço continua a funcionar de quinta a segunda-feira entre as 17 horas e a meia-noite, contando com cerca de 16 de lugares no interior. Nessa altura, a Taberna do Calhau regressa e o espaço será complementar: funcionará nas mesmas horas, mas aos domingos, segundas, e quartas e quintas-feiras. O resto do semana, com exceção das terças-feiras, Leopoldo estará pela Taberna.

A vida de chef é assim, sempre bem agitada, mas este ovo espaço é também uma forma de Leopoldo continuara explorar o seu talento na cozinha, contando com um ambiente acolhedor, daqueles que pede a companhia de amigos, para dois dedos de conversa, um petisco e um par de copos. Carregue nas imagens e descubra um pouco mais sobre o Bla Bla Glu Glu.

FICHA TÉCNICA

  • MORADA
    Largo das Olarias, 22
    1100-376 Lisboa
  • HORÁRIO
  • Domingos, segundas, quartas e quintas, entre as 17h e meia-noite
PREÇO MÉDIO
Entre 10€ e 20€
TIPO DE COMIDA
Petiscos

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

NiTfm

AGENDA NiT