cafés e bares

Brexit e Covid-19 estão a deixar bares sem stock de cerveja no Reino Unido

A falta de motoristas pesados está a cortar o normal abastecimento destes espaços e há sítios onde a bebida começa a faltar.
Há falta de cerveja em alguns bares.

No final de agosto, várias cadeias de fast food no Reino Unido tinham apresentado alguns problemas de abastecimento. A McDonald’s, por exemplo, estava a ficar sem bebidas, e na KFC tiveram mesmo de ser retirados alguns artigos do menu por falta de frango. Desta vez são os bares do país que estão a apresentar baixos stocks de cerveja e em alguns casos está mesmo a haver quebra do serviço.

“Estamos a enfrentar alguns problemas de abastecimento com a Carling e a Coors, o que significa que alguns pubs não vão ter os produtos disponíveis”, disse o porta-voz da rede de distribuição Wetherspoon’s, Eddie Gershon, ao “The Guardian”.

A Molson Coors, que detém duas marcas, explicou que o problema se deve à falta de condutores de veículos pesados para os camiões. Segundo a associação de transportes rodoviários, antes da Covid-19 e do Brexit existiam 600 mil motoristas no Reino Unido. No início de agosto contavam-se 100 mil.

O Brexit acabou por levar à saída de vários condutores e a Covid-19 causou outros problemas, com o isolamento de trabalhadores que assim não podem pegar nos veículos ou os atrasos nos testes para saber se já estão em condições de retomar o serviço.

O governo britânico explicou que está a acompanhar as dificuldades do setor e que irá facilitar o processo de obtenção de carta de condução para este tipo de veículos e aumentar o número de exames que é feito.

“A escassez de motoristas está a ser sentida pelo nosso setor como tantos outros”, disse Emma McClarkin, presidente-executiva da British Beer & Pub Association. O problema afeta um pouco todo o país, mas existem zonas outra a quebra é maior.

 

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT