Cafés e Bares

Gaya: a nova gelataria de Lisboa onde os gelados são feitos à frente dos clientes

A marca já tinha um espaço no Montijo e chegou em maio a Campo de Ourique com várias propostas artesanais.
Os gelados são feitos à frente dos clientes.

O balcão da nova gelataria de Lisboa tem as habituais cubas onde os gelados são conservados. A fazer-lhes companhia está uma máquina patenteada — a Principessa — onde os clientes podem assistir à confeção dos diversos sabores na hora. A marca italiana Gaya chegou a Campo de Ourique no passado mês de maio. Desde 2020 que está presente em Portugal com uma loja no Montijo. Nos próximos anos o objetivo da marca passa pela expansão a várias cidades do País.

“A Principessa é a Bimby dos gelados. Os clientes podem ver todo o processo. Os sabores são produzidos na máquina e saem diretamente para o balcão. Só é preciso programar, colocar os ingredientes e saber como funciona”, explica à NIT Sónia Carvalheira, 40 anos, uma das sócias da marca em Portugal.

A máquina foi criada pelos sócios italianos. “Além de permitem que os clientes acompanhem todo o processo de fabrico é uma máquina mais ecológica, já que poupa energia e não desperdiça tanta água no processo de limpeza.”

É na Rua Coelho da Rocha que pode ver a Principessa em ação — e experimentar os vários sabores artesanais da marca. O projeto da Gaya foi criado em 2008 e conta com pontos de venda em Bali e Jakarta. Está a começar a chegar a outros países em modo de franshise, mas não foi dessa forma que abriu em Portugal.

Apesar do nome ser igual, bem como os processos de fabrico, aqui os sócios originais italianos contam com uma participação. Este modelo de negócio permite a criação de produtos que não existem noutros países, como é o caso dos artigos de pastelaria.

Para Sónia a aventura começou quando o marido se mudou para a Suíça devido ao trabalho. Sónia foi com ele, mas não queria estar sem fazer nada. Gianmaria Maccarelli, 48 anos, um amigo do casal, já lhe tinha falado da ideia de criar uma marca. “Dizia-me sempre que em Portugal não havia muito a cultura dos gelados como a que existe em Itália.”

A Gaya abriu uma marca em Campo de Ourique.

A ideia de se lançarem no mercado dos gelados foi ganhando força e Gianmaria começou a participar em vários fóruns ligadosà área. “Foi num deles que conheceu a Gaya. Gostámos muito dos gelados e dos valores da marca. O que começou como um namoro acabou num casamento perfeito.”

A relação era para sido consumada em março de 2020 com a abertura da primeira loja no Chiado. A pandemia da Covid-19 trocou-lhes as voltas, mas não a vontade de servir gelados. Deixaram Lisboa em stand by e avançaram com uma loja no Montijo e um ponto de venda no outlet Freeport, em Alcochete.

Em maio de 2022, finalmente retomaram a ideia de abrirem na capital e Campo de Ourique foi o bairro escolhido para apresentarem os vários sabores artesanais. “Temos a preocupação de utilizar o máximo de ingredientes nacionais e produtos da época, como o morango, o pêssego, a abóbora ou até a batata doce.”

A avelã, o pistácio e a baunilha são outros dos sabores que irá encontrar pelo espaço da Gaya. São servidos à espátula, como é típico do estilo italiano, e não em bola. O copo ou o cone pequeno custa 3€, o médio 4€ e o maior 5€.

Entre os tais produtos que só encontra na Gaya em Portugal tem, por exemplo, o cannolo — que é feito com requeijão em vez de ricota; a crostata, uma tarte típica italiana; ou a granita, uma espécie de granizado.

Na loja do Montijo tem ainda um menu de brunch. Ainda não está disponível em Lisboa, mas poderá estar para breve. É na Margem Sul que existe a fábrica onde são produzidos os artigos de pastelaria e também as bases dos gelados. São depois finalizados à frente dos clientes na tal máquina Principessa.

A nova loja de Campo de Ourique tem capacidade para 16 pessoas. Os planos de Sónia e Gianmaria passam por abrir mais seis lojas no País durante os próximos cinco anos.

Carregue na galeria para conhecer outras novas gelatarias de Lisboa.

FICHA TÉCNICA

  • MORADA
    R. Coelho da Rocha 102, 1350-075 Lisboa
    1350-075 Lisboa
  • HORÁRIO
  • Das: 13:00
  • Às: 22:00
  • Sábados e domingos a partir das: 10:00
PREÇO MÉDIO
Menos de 10€
TIPO DE COMIDA
Gelataria

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT