cafés e bares

A Gleba vai oferecer pães artesanais em Lisboa até ao final de maio

É uma promoção dois por um que está disponível nos dois espaços da marca da cidade. Só tem de comprar um que recebe outro.
A oferta é válida até ao final de maio. Foto de Gleba/Instagram.

A Gleba tem um dos pães mais cobiçados de Lisboa. Todos os chefs o quem nos seus restaurantes e são vários os espaços que o usam para tostas, bruschettas e outras especialidades. A marca já conta com duas padarias na cidade e até ao final de maio pode aproveitar que está a oferecer algumas das variedades de pão artesanal, feito com farinha de moleiro 100 por cento nacional.

A promoção é válida tanto na loja de Alcântara como na de Alvalade, a mais recente a ser inaugurada. Tudo o que tem de fazer encomendar através da Glovo, a plataforma de delivery. A campanha arrancou a 10 de maio e vai estar em vigor até ao final do mês, dia 30.

Compra duas unidades e só só paga uma. Fazem parte da promoção os pães de trigo Barbela, o de trigo do Alentejo grande e os panettones de chocolate. Apenas recebe a segunda unidade sem pagar se o pedido for feito através da Glovo.

A padaria artesanal foi inaugurada em janeiro de 2017.  Diogo Amorim é o fundador do projeto. Trabalhou em várias cozinhas de Portugal, na Suíça e em Inglaterra, como o Fat Duck, do famoso chef Heston Blumenthal, com três estrelas Michelin, onde aprendeu a fazer pão de forma natural. A primeira loja da Gleba fica em Alcântara.

Está na Rua Maria Pia desde o verão de 2020. Antes estava na Rua Prior do Crato, não muito longe dali. A segunda padaria abriu no início de fevereiro desde ano na Rua Acácio Paiva, em Alvalade. A Gleba só usa farinhas de moleiro feitas a partir de cereais portugueses. Todo o pão que fazem é de fermentação natural.

As massas descansam em frio, entre os 8ºC a 10ºC por um período nunca inferior a 24 horas. Já no forno o tempo depende sempre da variedade que está a ser cozida. Quando foi feita a passagem para o novo espaço de Alcântara começaram a usar um forno com cinco entradas em altura, que chegou da República Checa.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT