Cafés e Bares

Há um novo café de “Stranger Things” para descobrir — com Demogorgons e Kate Bush

Fica em Shibuya, o bairro trendy do Japão. Entre as propostas encontra milkshakes, waffles, massa e muitas referências à série.
É o maior sonho de todos os fãs.

A quarta temporada de “Stranger Things” — cuja primeira parte foi lançada a 27 de maio e a segunda a 1 de julho — foi o grande hit do ano, quebrando recordes da Netflix e tornando Kate Bush numa das artistas mais ouvidas, nomeadamente o seu tema “Running Up That Hill (A Deal With God)”, lançado há 37 anos.

Com um sucesso desta dimensão, é normal que vários negócios utilizem a série como uma forma de atraírem novos clientes. Foi isso que aconteceu em Shibuya, o bairro mais trendy de Tóquio onde, a 16 de agosto, foi inaugurado um café temático que é, simultaneamente, o sonho de todos os fãs do projeto. A coffeehouse é uma colaboração com a cadeira de restauração local Pronto Corp e há muito que era um desejo dos japoneses. Naquele país, “Stranger Things” ainda está no top 10 dos conteúdos mais vistos.

No interior do Stranger Pronto encontram-se réplicas de lojas e locais da fictícia cidade de Hawkins, Indiana, onde se desenrola toda a narrativa — e com uma realidade paralela chamada Upside Down, com vários perigos que assustam qualquer um (e que já começaram a entrar no mundo dos personagens).

É um espaço que vai querer ter no seu Instagram. Ali, pode tirar fotografias com o assustador Demogorgon, um dos monstros da produção norte-americana, ao som da canção de Kate Bush. Também pode imortalizar e publicar no feed uma imagem da icónica parede com luzes de Natal e letras que Joyce (Winona Ryder) utilizava para falar com o filho Will (Noah Schnapp)

Claro que existem propostas para comer, como um prato de massa escura empratada no formato da cabeça de um dos vilões; as waffles (ou eggos) que Eleven, interpretada por Millie Bobby Brown, tanto gosta; ou um gelado que homenageia o amor de Dustin (Gaten Matarazzo) por chocolate ou milkshakes de banana.

O uso de máscara obrigatório e só podem estar 20 clientes em simultâneo no Stranger Pronto. Arranjar uma reserva também não é fácil, e todos os dias se formam longas de filas de clientes com esperanças de poderem mergulhar naquele universo assustador. “Todos os dias à meia-noite tento reservar uma mesa no telemóvel”, conta Kimiko Nakae, uma mãe de 29 anos, à “Reuters”, citada pela “CNN”. “Consegui finalmente uma vaga porque alguém teve de cancelar a reserva”, acrescenta eufórica.

Os estabelecimentos temáticos são bastante comuns em Tóquio. Encontra restaurantes com comida inspirada em vampiros e outros seres fantásticos; cafés onde pode ler mangás e inspirados pelo famoso anime (que já é também um sucesso na cultura ocidental); espaços inspirados em prisões e outros onde os empregados se vestem de ninjas.

O café de “Stranger Things” ficaria apenas aberto até 4 de setembro mas, devido ao sucesso, o café pop up manter-se-á por Shibuya pelo menos até dezembro, embora também esta data possa ser alargada.

Como lá chegar

Chegar ao Stranger Pronto é fácil, mas não é barato. Encontra voos de ida e volta desde 714€, caso parta de Lisboa. Se embarcar no Porto, os valores dos bilhetes diminuem ligeiramente para 710€. O destino é o aeroporto de Narita, em Tóqui, claro. Quando desembarcar, basta apanhar um comboio. Existem viagens por cerca de 30€ até Shibuya, zona onde se localiza o café.

Carregue na galeria e fique a melhor este espaço único no mundo.

ver galeria

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT