Cafés e Bares

Não vai faltar cerveja na Guarda: região vai acolher duas fábricas espanholas

Prevê-se a criação de 75 postos de trabalho na cidade. Ainda não foram revelados os nomes das marcas que irão ser produzidas.
Foi um investimento de 23,4 milhões de euros.

Boas notícias para os fãs de cerveja. Duas fábricas espanholas da bebida fermentada de cevada, cujos nomes ainda não foram divulgados, vão instalar-se na Plataforma Logística da Guarda. 

Mais do que a produção de cerveja, prevê-se a criação de 75 postos de trabalho. A informação foi divulgada na segunda-feira, dia 23 de maio, pelo presidente da câmara municipal. 

Num investimento global de 23,4 milhões de euros, “um investimento muito avultado”, o autarca da Guarda, Sérgio Costa, referiu que as duas empresas podem “chegar até 90 a 100 postos de trabalho no futuro”.

De acordo com o Expresso, o presidente da câmara adiantou ainda que decorreram algumas conversas e negociações nos últimos meses para a proposta de alienação dos quatro lotes de terreno, “para que no futuro próximo possam, naturalmente, iniciar os seus projetos e as suas obras”.

A Plataforma Logística da Guarda, perto de Gata, é uma plataforma transfronteiriça inserida na Rede Nacional de Plataformas Logísticas. Considerada um “projeto âncora” para o desenvolvimento empresarial e económico da região, a plataforma que representou um investimento de 34 milhões de euros disponibiliza um total de 196 lotes.

Carregue na galeria para conhecer as novidades do mundo da cerveja que chegaram nos últimos meses a Lisboa (e não só).

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT