Cafés e Bares

Eles voaram de Buenos Aires para dar doces e café de especialidade aos lisboetas

O Lena abriu a 20 de março nas Avenidas Novas e está recheado de coisas para comer. E beber.
Há brunch e tostas também.

Nataly Horbal e Alexandre Ripoli voaram de Buenos Aires, na Argentina, para Lisboa com um único propósito: abrir uma cafetaria de especialidade. Após longos meses de burocracias estão prontos para “oferecer aos lisboetas café de qualidade e bolos de outro mundo” no Lena, inaugurado a 20 de março.

O sonho deste casal nasceu ainda do outro lado do oceano, após a irmã de Alexandre ter vindo estudar pastelaria para Barcelona. Quando voltou, abriu um negócio de sucesso na capital argentina e convidou o irmão para trabalhar consigo. Ale, como é conhecido, acabou por desistir da área financeira para se dedicar ao projeto.

“Fiquei rendido àquele mundo. Mas sentia que havia mais explorar, mais café para beber e um mundo para conhecer”, conta à NiT o empresário de 33 anos. Desafiou a namorada, formada em contabilidade, para se juntar e a ele e Nat, de 25 anos, não pensou duas vezes. Em 2020, com uma pandemia a fechar fronteiras por todo o mundo, decidiram começar a planear o projeto. “Chamámos-lhe Lena desde sempre. Na Argentina não é um nome nada comum e era a junção dos nossos. Escolher o nome foi a parte mais fácil”, admitem.

Depois seguiu-se mais uma decisão, esta mais difícil: para que parte do mundo iriam? Europa foi a resposta automática. O velho continente reunia vários aspetos de que a dupla gostava: o clima, a gastronomia e muito terreno por explorar. Dentro das opções, Espanha, Itália e Portugal eram as mais óbvias. Candidataram-se ao visto para todas, mas Lisboa acabou por seduzi-los pela cultura e pela oferta. “Ficámos apaixonados pela cidade. Tem uma luz incrível, uma ótima gastronomia e é imbatível a nível cultural. Adorámos.”

Em agosto de 2022 mudaram-se para a capital, mas o sonho teve de esperar. Entretanto, retomaram o trabalho noutras áreas. “Conhecemos muitas pessoas, fizemos bons amigos e isso deu-nos ainda mais vontade de lançar o projeto que tínhamos desenhado”, referem.

Após algumas visitas a espaços encontraram, no mesmo bairro que escolheram para viver, o local perfeito para o Lena. “As Avenidas Novas reúnem muitos aspetos interessantes. Há muito turismo, mas também muitas pessoas que vivem no bairro e, além disso, é uma área de escritórios. Era uma ótima oportunidade para o nosso conceito.”

“Já sabíamos que queríamos grãos com origem no Brasil, o mais difícil foi escolher uma torrefação. Por cá há muita mais oferta que na Argentina, por isso tínhamos muito por onde escolher, o que se tornou um desafio”, explicam sobre a matéria-prima da estrela do negócio. Viajaram de norte a sul do País até encontrarem o local ideal para torrar o café. Depois acabaram por se decidir pela lisboeta Roastery.

É de lá que os grãos vêm torrados para dar origem a alguns dos bestsellers da coffeshop. A encabeçar a carta encontra dois tipos de espressos, o simples (1,50€) e o double (2€). Também pode pedir capuccino (3,40€), latte (3,80€), macchiato (2,50€), mochaccino (4€), entre outros. Encontra ainda duas especialidades da casa, o Espreso Tonic (5€) e o Latin-American (4,50€), inspirado no país de origem dos proprietários.

No Lena Specciality Coffee, há também várias propostas para quando café não é a solução ideal. Pode optar por um chá, na versão Te Chai (3€) ou o Matcha Latte (4€).

A carta de refeições é mais vasta do que seria de esperar. Os donos do espaço destacam a Clássica Tosta e Abacate (9,50€), os Ovos Benedict (11€) e a Hallouminator (11€). Enquanto a primeira, pelo nome, percebemos que a estrela é o abacate, combinado com ovo cozido, tomate cherry e frutos secos; a última é feita com halloumi grelhado acompanhado por dois ovos estrelados, pasta de abacate, tomate e rúcula.

Na parte dos doces, Nataly e Alexandre revelam que há dois que têm merecido muita curiosidade por partes dos clientes: o alfajor (3€) e os lemonies (3,60€). O primeiro é um bolo tradicional argentino com duas bolachas recheadas com doce de leite e cobertas com chocolate negro. O segundo parece-se com um brownie, mas de limão e com framboesas. Croissants (2,50€), iogurtes (6€) e tostas (desde 7€) são outras das opções. 

Carregue na galeria para descobrir o novo café de especialidade de Lisboa.

 

FICHA TÉCNICA

  • MORADA
    Av. António Augusto de Aguiar 86
    1069-021 Lisboa
  • HORÁRIO
  • Segunda a domingo das 9h às 17h
PREÇO MÉDIO
Menos de 10€
TIPO DE COMIDA
brunch

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT