Cafés e Bares

No novo brunch de Lisboa, a felicidade faz-se com um toque libanês

O Happy Brunch abriu a 30 de março e traz uma fusão de sabores libaneses, portugueses e de outras partes do mundo.
Fica no centro de Lisboa.

“Queremos que todos sejam felizes.” Parece um pouco sonhador, mas este é o objetivo do casal libanês Anna Maria Baydoun e Anthony Reachi ao abrirem um novo espaço de brunch, em Lisboa. Chama-se Happy Brunch e só abre aos sábados — aquele que para muitos é o dia “mais feliz da semana”. O espaço foi inaugurado a 30 de março.

Por muito tempo, Anthony Reachi (31 anos) dividiu o seu tempo entre o Líbano, onde nasceu, e Lisboa, que conheceu em 2015. Em 2021, porém, decidiu mudar-se definitivamente para a capital. “Lembro-me da primeira vez que vim a Portugal e do quanto gostei do País, da cultura, da natureza e, mais importante ainda, do povo. Isto levou-me a pensar numa potencial mudança, uma vez que refletia claramente aquilo em que estava interessado e o que quero ver no país onde vivo. Não estava errado e mudar-me para cá foi a melhor decisão que tomei”, conta à NiT.

Ainda não tinha passado um ano, em setembro a sua presença em Lisboa começou a fazer-se notar graças à abertura do The Happy Salad. O libanês quis revolucionar a forma como olhamos para as saladas e, para isso, aposta em propostas saborosas, coloridas e nutritivas. As propostas conquistam não só pelo sabor, mas também pelo aspeto, frescura, cheiro, textura e crocância. 

Agora, juntamente com a companheira, Anna Maria Baydoun quer mudar também a forma como vemos o brunch. “O nosso objetivo é tornar o brunch e o dia dos clientes mais feliz, através da comida, das vibrações, da música, das bebidas”, adiantam.

Anna é designer, mas sempre adorou cozinhar. Aliás, grande parte do seu portfólio foi voltado para a área da restauração. Anthony faz-lhe companhia no amor pelos tachos, até porque sempre encontrou “conforto e felicidade dentro da cozinha”, mas também se deve a um acaso.

“Inicialmente, trabalhava num conceito diferente. Estava ocupado a maioria do tempo e nada satisfazia realmente a minha fome sem me fazer sentir culpado. Até porque todos sabemos como é difícil conseguir um prato delicioso, satisfatório, prático e, mais importante, sem culpa. Como resultado, abandonei a ideia anterior e comecei a trabalhar a tempo inteiro neste conceito.”

Na ementa do The Happy Brunch depara-se, literalmente, com opções para todos os gostos — das vegetarianas às com proteína animal, como frango ou salmão. Inclui, igualmente, diferentes sugestões que apostam na fusão de sabores — asiáticos, libaneses e mexicanos, por exemplo.

“O conceito para já é oferecer um brunch mediterrânico de alta qualidade, com um toque libanês. No entanto, este não é o nosso conceito final e iremos adicionar novas coisas em breve”, dizem à NiT.

Para já abrem apenas aos sábados das 10 às 16 horas e servem vários pratos “pouco convencionais”. Mas o maior orgulho é o pão Saj, uma receita que trazem do país de origem do casal. Depois há wraps com sabores de todo o mundo, como o It’s Thyme (7€), com um mix especial de tomilho e coberto com pepino, tomate, azeitonas e hortelã; há o Too Cheesy (8,4€), que leva queijo português derretido ou o Turkey Lurkey (8,80€) com fatias de peru. “A parte engraçada é serem surpreendidos. Alguns tanto podem ter sabores muito portugueses, como especiarias do Médio Oriente”, referem.

Há também bowls de iogurte com granola (10€) ou os Milky Knots (10€), dois pedaços de bolo com sabor a leite. As panquecas e os ovos também não falham na lista. Anna destaca a Berry Tasty (9,30€), uma panqueca com queijo creme, compota de frutos vermelhos, bagas frescas e migalhas de biscoito. Mas também há espaço para clássicos como os Scrambled (5,50€) nada mais do que ovos mexidos, mas com uma especiaria diferente.

Para acompanhar há sempre sumos naturais de laranja (3,50€), limonada (3€) ou um batido especial da casa, o Banana Heaven (6€). Para algo mais forte sugerem os cocktails clássicos como as Margaritas (9€), o Aperol Spritz (6€) ou Orange Bulleit (10€). Já no campo das bebidas quentes há sempre capucino (2,50€), expresso (1€) ou chocolate quente (3,50€).

Carregue na galeria para conhecer alguns pratos que servem no novo Happy Brunch.

Áudio deste artigo

FICHA TÉCNICA

  • MORADA
    R. São Sebastião da Pedreira 51C
    1050-208 Lisboa
  • HORÁRIO
  • Sábado das 10h às 16h
PREÇO MÉDIO
Entre 10€ e 20€
TIPO DE COMIDA
brunch

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT