Cafés e Bares

As novas cápsulas da Nespresso são mais amigas do ambiente

Além da aposta nas novas embalagens, a marca reforçou o seu compromisso com princípios mais sustentáveis.

A Nespresso conquistou rapidamente os portugueses e não foi apenas com os anúncios com George Clooney. Já se sabe que no nosso País o café é apreciado nas mais diversas formas, por isso a marca cresceu muito — tal como no resto do mundo. Este crescimento trouxe reconhecimento à Nespresso, mas criou um problema ambiental: afinal, o que fazer com tantas cápsulas usadas.

Esta tem sido uma das preocupações da marca que, nos últimos anos, além da aposta na recolha para reciclagens, a Nespresso tem procurado também ter mais atenção na escolha dos materiais. As novas cápsulas que neste mês de julho já estão a circular são o mais recente retrato dessa preocupação.

As novas Master Origin Colombia são as primeiras cápsulas com “80% de alumínio reciclado” e contam com uma “liga ajustada que combina alumínio virgem com reciclado”, salienta a Nespresso.

“A escolha deste material obedece a dois critérios: o facto de ser infinitamente e 100% reciclável, e de ser um dos materiais mais reciclados no mundo. A estes fatores associa-se a garantia de melhor frescura, sabor e qualidade do café”.

São mais amigas do ambiente.

A marca procura assim uma “redução da utilização do alumínio e a obtenção de cápsulas mais leves” e assume mesmo que quer pôr prática a novidade “em toda a linha de sistemas domésticos”. No futuro, estima a Nespresso em comunicado, tal poderia permitir uma diminuição de CO2 “de cerca de 28,5 mil toneladas”. A linha Master Origin Colombia.

Até ao final de 2021 a Nespresso quer que todas as cápsulas da linha original sejam fabricadas com alumínio reciclado.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

NiTfm

AGENDA NiT