Cafés e Bares

O chocolate quente da Cookielandia é o maior fenómeno do Wonderland Lisboa

Só na primeira semana venderam-se dez mil canecas de coleção. A fundadora diz que está a ser uma "loucura sem igual".
Afinal, o centro da festa é a Cookielandia.

As cookies coloridas eram o grande atrativo da Cookieland, recém-chegada ao recinto do Wonderland Lisboa, que arrancou a 30 de novembro. O fenómeno, porém, revelou ser outro. “O que tínhamos previsto para as primeiras duas semanas esgotou logo no primeiro dia”, conta à NiT Filipa Soares, uma das sócias do projeto.

É que além dos doces, havia outro segredo: o chocolate e o vinho quente servidos em pequenas canecas coloridas de cerâmica. E, de facto, não existe nada parecido no Parque Eduardo VII, em Lisboa.

“O chocolate é mais cremoso do que o habitual e tem mais cacau. O vinho quente também é feito de forma diferente, com maçã em vez de laranja. Tivemos muito cuidado com a qualidade dos produtos.”

Essa qualidade, diz, chegou também à questão da escolha das canecas que são oferecidas na compra das bebidas. “Optamos por cerâmica, por ter em várias cores. Mas nunca pensei que isto fosse acontecer. É uma loucura sem igual”

O que aconteceu foi que em três dias, os responsáveis perceberam que todo o stock iria esgotar muito rapidamente, à medida que as filas se acumulavam. O stock inicial de dez mil canecas “esgotou-se no fim de semana” e isso obrigou a soar as sirenes de emergência.

“Vemos pessoas lá que estão a repetir pela segunda, terceira, quarta vez. Até os funcionários já as conhecem”, explica. “Eu brinco a dizer que é impossível beber tanto chocolate ou vinho quente. Devem estar a dar de beber às flores para conseguirem as canecas todas (risos).”

Prestes a esgotar o stock, a Cookieland já tem encomendadas mais canecas. E a nova remessa traz canecas com novas cores para os colecionadores.

As cookies começaram a sair quentes e estaladiças na quinta-feira, 30 de novembro, numa das barraquinhas do Wonderland Lisboa, que vai ficar no centro de Lisboa até ao início do próximo ano. São cookies feitas sem recurso produção industrial e em massa.

“Queremos uma receita verdadeiramente tradicional, sem conservantes. Usamos apenas dois corantes que são naturais e não usamos açúcar branco refinado. Só amarelo, que é menos prejudicial. Acreditamos mesmo que estas são as melhores e mais equilibradas cookies feitas em Portugal”, explica Filipa Soares.

Além das cookies tradicionais, existem versões de red velvet, de blue velvet, de chocolate com pepitas, de manteiga de amendoim e de frutos secos. Todas as opções têm o mesmo preço: 2€. Na nova loja do Wonderland Lisboa pode ainda comprar um pack de quatro cookies a 7,5€ e de seis por 10€.

O tal chocolate quente e vinho quente está à venda por 3,5€, com oferta das respetivas canecas. Já o Menu Cookielandia — que inclui uma bebida e uma cookie à escolha — fica por 5€

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT