Cafés e Bares

O novo spot de Lisboa tem croissants que até os franceses elogiam

A zona de Santos conta com um café onde a atenção aos detalhes se combina com os melhores sabores da pastelaria.
Para descobrir em Santos.

O café é de especialidade, torrado por cá, para apreciadores a sério de café. Os croissants contam com algumas opções mais clássicas, com variações vegan e outras já de um certo requinte. É o tipo de espaço que é moderno e elegante mas que ao mesmo tempo procura ser um ambiente amigável, acessível aos gostos e carteiras, com aquele espírito em que toda a gente é da casa. Falamos do EleEla Café.

Foi a 10 de maio que o EleEla Café abriu na Rua Santos-o-Velho já a chegar à Rua das Janelas Verdes. A primeira semana foi ainda de experiência e em modo take-away, mas daí partiu-se para um verão um pouco menos desconfinado. Em pouco tempo, o café já encontrou o seu lugar.

Santos foi das zonas de Lisboa que mais se remodelou nos últimos anos sem que tal tenha implicado perder o lado de bairro. Não será por isso mero acaso o que Alyona Gamm explica à NiT: “A maior parte dos nosso clientes já são regulares”. O espaço ali já é escolha de quem trabalha ou mora na zona. E isto inclui clientes franceses, que têm escolhido o espaço precisamente pelos croissants.

“Lisboa tem muitas casas de brunch” além de cafés mais tradicional. Mas o menos não se aplica quando falamos de uma opção que seja simultaneamente de qualidade, sem assustar a carteira. “Uma pessoa vai a um brunch e tem de gastar um mínimo de 10€, 15€. Queríamos uma opção em que a pessoa pudesse ter uma experiência que não era praticamente um almoço”, sem perder em nada na qualidade.

Um espaço acolhedor.

O EleEla Café é um espaço de ambiente famíliar que nasceu também em família. Alyona e Diego, ambos fotógrafos (e isso nota-se no Instagram do espaço) vieram estudar para Lisboa há quatro anos e por cá ficaram. A ideia de um café não estava nos planos iniciais mas a inspiração falou mais alto.

“Em Berlim tivemos uma grande inspiração, é uma cidade com muitos coffee shops”. Decidiram o que iam fazer — e fizeram-no à sua maneira. O espaço acolhedor senta nesta altura entre 10 a 12 pessoas e um olhar um pouco mais atento permite identificar logo alguns detalhes.

É o caso dos copos em que o elegante design do logo se destaca em peças de cerâmica feitas na Ericeira. “Tentamos sempre trabalhar localmente. As marcas que temos são de companhias mais pequenas nacionais. E o café também é torrado aqui por Lisboa. Queremos apoiar o pequeno empreendedor, foi uma aposta em apostar em produtores mais pequenos nesses tempos difíceis que vivemos”, explica Alyona.

Os detalhes estão também nos elementos decorativos que remetem para o mundo do skate. Aquela é, afinal, uma família de skaters e isso também é algo que foi transmitido na decoração. “O EleEla Café foi feito com essa ideia de mostrar a nossa essência. É um pouco do nosso mundo”.

Como qualquer mundo, há ex-libris que se destacam. Os croissants deram rapidamente nome à casa mas entre estes há alguns best-sellers. O clássico de nutella (3€) seria sempre obrigatório mas o croissant de abacate, tomate e sal-marinho, que tem versão em croissant francês ou totalmente vegan, ou o de framboesa, mirtilos, queijo creme e xarope de agave (ambos a 4,50€), têm colhido muitos elogios.

A acompanhar, tem sumo de laranja ou limonada (2,50€), opções bem na moda moda como kombucha (4€) e uma variedade de café de qualidade muito interessante, do expresso (1€) ao de filtro (1,80€, com direito a refil), a opções como cappuccino ou flat white (2,40€) ou um curioso expresso tonic (3€).

“A resposta das pessoas tem sido muito boa” e é fácil de perceber porquê. É o tipo de espaço perfeito para um pequeno-almoço, um lanche ou um simples snack, onde pode sentar-se à conversa com amigos ou até passar algum tempo descansado a ler um livro ou a adiantar trabalho. Se a pressa não ajudar, também não tem mal. “É fácil as pessoas passarem e levarem para o caminho”. Carregue na galeria e fique a conhecer melhor o EleEla Café.

FICHA TÉCNICA

  • MORADA
    Rua Santos-O-Velho, 116-118
    1200-813  Lisboa
  • CONTACTOS
  • HORÁRIO
  • Segunda a sexta das 8h às 18h, fins de semana das 9h às 18h
PREÇO MÉDIO
Menos de 10€
TIPO DE COMIDA
Café

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT