cafés e bares

Oitava Colina abre nova fábrica em Lisboa com cervejas artesanais e pizzas

A marca portuguesa mudou-se da Graça para o Cabo Ruivo. Tem mais espaço para produção e um tap room com esplanada.
Há muito para experimentar.

Em janeiro de 2015, saía na Graça, em Lisboa, a primeira cerveja produzida pela Oitava Colina. Seis anos depois, os 10 fermentadores viajaram para outra zona da cidade. Desde o final de julho que é no Cabo Ruivo que as variedades são produzidas. A nova fábrica ganhou um tap room e há ainda pizzas para acompanhar a bebida.

“Estávamos a ficar estagnados em termos de crescimento e de logística. O espaço na Graça não era o propício para uma fábrica”, explica à NiT Pedro Romão, um dos sócios da cervejeira que nasceu em 2014. No antigo espaço tinham por vezes dificuldade em colocar camiões para fazer o transporte, algo que já não acontece no Cabo Ruivo, numa zona onde existem vários armazéns.

Por enquanto, o investimento no espaço não lhes permite ter mais capacidade de produção. Mantêm-se os fermentadores que já tinham, mas o objetivo é daqui a uns tempos terem mais. Na nova Oitava Colina há 700 metros quadrados de espaço para conseguirem precisamente esse objetivo.

A pandemia surgiu como o momento ideal para esta transição. “As coisas estavam meio paradas e como são processos complicados em que tivemos de parar a produção, a altura foi a indicada.” A fábrica só com o tap room ao público em julho, mas em abril a fábrica já estava a laborar e foi nesse mês que produziram a primeira cerveja naquele espaço.

Nas 10 torneiras só vai encontrar variedades de cerveja feita por esta marca de Lisboa. Tem, por exemplo, a Urraca Vendaval, a Zé Arnaldo, a Vila Iolanda, ou a Vila Martins. São vendidas em copos de 25 ou 50 cl e custam no mínimo 2,50€.

Para acompanhar existe um menu de pizzas com algumas das variedades que já serviam no Oitava Colina Marquês, que mudou de conceito este verão. A esplanada tem capacidade para 40 lugares, tudo ao ar livre, e com uma televisão para ver os jogos de futebol — e não só.

As quartas-feiras são dias de quiz, com perguntas de cultura geral. A equipa vencedora ganha prémios no final — por norma, são cervejas, claro. Estes concursos começam sempre às 20 horas.

As obras neste espaço em Cabo Ruivo aconteceram de janeiro a março. Com muitas coisas paradas foram os próprios sócios que fizeram parte das obras. “Desde serralharia a canalização, aprendemos e fizemos muita coisa neste espaço.”

A fábrica na Graça, onde tudo começou, encerrou, mas o bar que ali tinham, na Rua Damasceno Monteiro, continua aberto com as várias opções de cerveja e alguns petiscos. Como já referimos, o espaço da Oitava Colina Marquês, na Avenida Duque de Loulé, mudou de conceito este verão.

Deixou de ser pizzaria e todos os meses vai receber chefs em modo pop up com vários estilos de cozinha. O projeto que vai estar até ao final de agosto irá apresentar pratos de comida paquistanesa, sempre acompanhados, claro, pelas cervejas da Oitava Colina.

Carregue na galeria para conhecer melhor o novo espaço da Oitava Colina.

FICHA TÉCNICA

  • MORADA
    Av. Infante Dom Henrique 334 Armazém 3, 1800-224 Lisboa
    1800-224 Lisboa
  • HORÁRIO
  • Das: 16:00
  • Às: 22:30
  • Fecha segunda e domingo.
PREÇO MÉDIO
Entre 10€ e 20€
TIPO DE COMIDA
Bar

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT