cafés e bares

Os melhores barmen do mundo vêm a Lisboa mostrar como se fazem grandes cocktails

O Red Frog e Monkey Mash recebem em setembro vários convidados para um conjunto de masterclasses muito especiais.
Diego Ferrari é um dos convidados.

Setembro é já amanhã. Arranca um novo mês e são vários os barmen de todo o mundo que vão aterrar em Lisboa para um conjunto de masterclasses muito especiais. O Red Frog e o Monkey Mash vão receber vários convidados até ao final do mês para mostrar as últimas tendências do mundo da coquetelaria e dar a provar algumas das criações.

Os últimos meses não têm sido fáceis para o setor, por isso, esta é uma forma de trazer mais movimento aos espaços com nomes do circuito dos 50 Best Bars. É de dia 1 a 30 de setembro que os dois espaços vão receber os convidados.

O evento arranca com António Naranjo, do bar Especiarium em Barcelona. Entre as 22 horas e a uma da manhã vai estar no Monkey Mash. Já a 7 de setembro, Diego Ferrari, embaixador do Rum Matusalem, partilha algumas dicas no mesmo bar. No dia seguinte (8), será Mario Farrula, do BV Club, em Milão, a preparar alguns cocktails.

Georgi Radev, do bar Laki Lane, em Londres, é o convidado de dia 14. Vai estar nos dois bares a fazer bebidas com sabores da Tailândia e Miami. Dia 21 de setembro, poderá experimentar as criações de Giorgio Santambroggio, do bar Officina Milano, em Itália.

O último dia (30) está reservado para Moe Aljaff, proprietário do bar Two Schmucks, em Barcelona, o espaço que está em 26.º lugar nos 50 Best Bars. As entradas nos dois bares de Lisboa estão limitadas devido às regras da pandemia: o Red Frog tem capacidade para 12 pessoas e no Monkey Mash poderão estar até 30 pessoas.

Apesar de ter sido um ano complicado para o setor, nos últimos meses foram vários os bares que abriram em Lisboa com conceitos distintos. Desde espaços dedicados a “Peaky Blinders” ou com jogos de “Pac-Man”, carregue na galeria para os conhecer.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT