Cafés e Bares

Os novos croissants de Campo de Ourique são caseiros (e juntam o melhor de dois mundos)

Há recheios para todos os gostos e estão sempre fornadas prontas a sair.
Há muito por onde escolher.

Na hora de escolher um croissant, o debate é já antigo: há quem prefira o toque fofo de massa de brioche e quem prefira a massa mais estaladiça, em que um pedaço maior que fique no prato não será certamente esquecido. Mas é possível ter o melhor de dois mundos.

É o que acontece no novo espaço que abriu em Campo de Ourique, onde o interior da massa é mais fofo e o exterior é estaladiço. E sim, estão sempre quentinhos a sair do forno. O nome do espaço diz bem ao que vem: chama-se simplesmente Os Croissants e até pedem desculpa aos franceses, criadores dos croissants, mas o que ali se faz não deve nada a França.

Os Croissants foi um caso de sucesso quando abriu, em setembro do ano passado, no Monte Estoril. Agora, chegou a vez de Lisboa os poder provar. O novo espaço abriu no número 102 da Rua Coelho da Rocha e vem juntar-se a um bairro bem conhecido pela sua doce oferta.

Os Croissants de Campo de Ourique abriu a 31 de janeiro, já o País estava em confinamento. À NiT, David Goldrajch explica que a Covid-19 não deixou de ser uma dor de cabeça mas que se prepararam para a abertura, já a pensar nestes tempos de pandemia. Nesta altura, o espaço de Lisboa funciona com entregas e take-away mas o responsável do projeto admite que o melhor ainda está para vir.

“Já tínhamos feito todo o plano de negócios a contar com a possibilidade de novo confinamento. Aqui em Campo de Ourique ainda estamos limitados nas opções. Temos alguns novos produtos que estamos a lançar, como o iogurte brunch (4,40€), com granola caseira”. Mas o facto de não poderem vender bebidas vai obrigar-nos a esperar pelo nível seguinte da experiência. É que aqui há mais do que croissants.

Os cafés não são simples cafés. As bebidas quentes e cremosas implicaram uma formação específica, só para abrilhantar a apresentação. “Aqui a loja de Campo de Ourique ainda não experienciou aquele ambiente que passa por tudo o que a envolve, para lá do croissant. É todo o ambiente, a música”. O espaço funciona todos os dias, incluindo domingos e feriados, das 8 às 20 horas. Quando pudermos voltar a entrar em cafés, contará com uma capacidade máxima para 22 pessoas sentadas.

Sempre quentinhos a sair.

Olhando para o que mais chama a atenção: os croissants são todos com recheio caseiro, com receitas criadas por chef de pastelaria. A única exceção, como o próprio nome ajuda a revelar, é o de Nutella (2,40€). A ementa inclui opções criativas, doces e salgadas. É o caso do croissant de recheio de oreo ou de chocolate com arroz trufado (2,40€), ou o Benedict (3,40€).

A ementa tem ainda criações como o croissant Amor (3,90€), com recheio de natas e frutos vermel. O campeão de vendas nesta altura é o de doce de ovos (2,40€), com um sabor que, garante David, “não encontra em mais nenhum lado. Nem estou a dizer que é melhor ou pior. É mesmo diferente, não se compra em lado nenhum. Nós apostamos mesmo na qualidade dos produtos”, acrescenta.

Há opções para todos os gostos. O próprio David conta que entre os seus favoritos está o de pastel de nata (2,40€), que recria um dos mais tradicionais sabores da pastelaria nacional. “Gosto de todos mas confesso que muitas vezes até peço só o simples (1,30€), que adoro a massa crocante”, conta.

Ali os croissants estão sempre a sair. “São fornadas de 20 em 20 minutos, preferimos fazer menos de cada vez e assim estão sempre a sair acabadinhos de fazer”, destaca.

Nesta altura é possível levantar os croissants na loja. É possível encomendá-los em plataformas como a Uber Eats mas pode fazê-lo diretamente no site de Os Croissants, onde encontra as lojas do Estoril e da nova em Campo de Ourique. Fica mais em conta nas taxas, que vão dos 2,90€ num raio de cinco quilómetros aos 4,90€ até 15 quilómetros de distância.

David já tinha sido responsável pelo conceito das hamburgueria Gutsy, que vendeu em finais de 2016. A aposta agora é mais doce, está visto. O negócio no Estoril tem corrido muito bem desde o início. Campo de Ourique dá já boas indicações e, por essa razão, já há planos para abrir mais espaços ainda este ano. No entretanto, já podemos podemos provar os croissants aqui por Lisboa, ainda que em casa. E lá está: têm o tal toque fofo e estaladiço para deixar toda a gente satisfeita.

Nova fornada a cada 20 minutos.

FICHA TÉCNICA

  • MORADA
    Rua Coelho da Rocha, 102 loja B
    1350-079  Lisboa
  • CONTACTOS
  • HORÁRIO
  • Aberto todos os dias, das 8h às 20h.
PREÇO MÉDIO
Menos de 10€

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT