cafés e bares

Pelicana: este snack de banana congelada com chocolate é a nova sensação de Lisboa

O projeto arrancou com parcerias em vários cafés e já abriu um espaço próprio na cidade, na zona de Santos.
Foto de Lisbon is Special/ Instagram.

Passava um minuto depois da meia-noite, no primeiro dia de 2021, quando Aleksander Worotnikov, 26 anos, e Ciaran Boschmann, 34, apresentaram aos amigos o snack que estavam a preparar há alguns meses: bananas congeladas com chocolate que se comem num pauzinho como um gelado. O sucesso nesta festa de Passagem de Ano foi imediato. “Todos adoraram. Desde aí que temos trabalhado para melhorar a receita e planeámos todas as etapas para levar a ideia até onde estamos hoje”, explica Aleksander à NiT.

Sete meses depois, a marca ganhou um nome, Pelicana, parcerias com vários cafés na cidade que passaram a vender o produto, e até uma loja própria, na Rua Garcia de Orta, em Santos, que foi inaugurada a 17 de julho. Mas o que deu a Aleksander e a Ciaran para congelarem bananas, juntarem chocolate e outros toppings e começar a vender este produto?

“Este é um sonho antigo, já com 14 anos. O Ciaran já tentou criá-lo por duas vezes nos Países Baixos, mas devido a alguns contratempos nunca conseguiu. Provavelmente era para acontecer aqui em Portugal porque o tempo é muito mais agradável. Uma boa ideia nunca morre.”

Os dois já tinham experiência na área, com bares e restaurantes, e até trabalhos em festivais, enquanto DJ, e noutros projetos de empreendedorismo. A pandemia mudou os hábitos de consumo de grande parte da população e pensaram que esta seria a altura ideal para lançarem este negócio da Pelicana.

“Com a Covid-19, quatro em cada cinco consumidores em todo o mundo começaram a comer e a beber de forma mais saudável. No entanto, as pessoas não querem comprometer o sabor. É por isso que procuram opções saudáveis e saborosas.”

Todo o processo de produção é feito na loja de Santos. São os dois sócios da marca que neste momento fazem tudo. Começa com o descascar das bananas que são depois congeladas a uma temperatura baixa numa máquina especial que não deixa que a fruta se parta. Passadas umas horas, são mergulhadas em chocolate e mais uma vez congeladas.

Gostamos de chamar ao Pelicana de nicecream, uma vez que está cheio de nutrientes, fibras e vitaminas, o que é bom para corpo e agradável a qualquer hora do dia.” Perguntámos mesmo se assumiam que era uma sobremesa ou um snack para se comer durante o dia. A resposta veio com muitas bananas comidas ao longo do dia.

“Enquanto estou a responder às questões, como uma Pelicana ao pequeno-almoço misturada com uma taça de iogurte. Depois do almoço vou comer outra e confesso que pelas 21 horas, quando tenho fome, sou capaz de mais uma.”

Há quatro versões com chocolate para experimentar.

O chocolate que usam é de uma empresa nacional. Já as bananas chegam de todo o mundo.  Experimentaram fazer o produto com diferentes variedades. “Num futuro próximo, gostávamos de ir até à Madeira, falar com agricultores de lá para ver se conseguimos trabalhar juntos.”

Neste momento, quer na loja de Santos, quer nos espaços com quem têm parcerias, tanto em Lisboa como em Cascais, existem quatro possibilidades de pedir uma Pelicana. Tem a mais simples, sem chocolate (1€); a com cacau de 41 por cento (2,50€); a com cacau e amendoim picado (3€); a de cacau com 85 por cento e morangos secos (3,50€); e a com só com este cacau mais forte (3€). Estão sempre a pensar em novas combinações. Uma das mais recentes, mas que ainda não está disponível, juntou chocolate, manteiga de amendoim e bolachas trituradas.

O nome escolheram por ser cativante, mas também por conseguirem usar um pelicano como imagem de marca do projeto. O artista português Rope desenhou a ave na porta da loja que abriram em Lisboa. “No que depender de nós, adorávamos ver este pássaro a aparecer em vários locais como forma de reconhecimento da marca.

Os próximos objetivos passam por ganharem novos parceiros, pensarem em novos sabores, alguns deles para serem exclusivos da loja, e até chegarem a outras zonas de praia na Europa.

“Temos recebido vários comentários positivos sobre o nosso produto, a maioria a ser surpreendida porque nunca tinham provado banana congelada desta forma. No outro dia tivemos um bebé a chorar quando o pai lhe tirava a Pelicana. Isto já diz tudo.”

Se quiser continuar na onda saudável, mas fazer as próprias opções em casa, sugerimos algumas receitas simples. São muffins que se fazem em poucos minutos. Carregue na galeria para os conhecer.

 

FICHA TÉCNICA

  • MORADA
    R. Garcia de Orta 32D, 1200-680 Lisboa
    1200-680 Lisboa
  • HORÁRIO
  • Das: 12:00
  • Às: 21:00
PREÇO MÉDIO
Menos de 10€
TIPO DE COMIDA
Café, Saudável

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT