Cafés e Bares

No novo wine bar de Lisboa os funcionários bebem shots e dançam com os clientes

Quando passar pelo Tricky's vai sair com mais amigos do que à chegada. Não faltam vinhos naturais e cervejas artesanais.
É ideal para os party animals. Fotografia de @cristianamorais

Os restaurantes e conceitos tradicionais seguem fortes em Lisboa. No entanto, verifica-se cada vez mais uma mudança no paradigma da capital, com o surgimento de vários espaços virados para os jovens adultos. O Tricky’s é mais um destes casos. Abriu a 30 de abril e quando ali entrar, vai-se sentir pelo menos dez anos mais novo.

O espaço foi inaugurado por um grupo de amigos, mas a ideia nasceu nas cabeças de João Magalhães, de 39 anos, e de Jenifer Duke, 40. “Nós conhecemo-nos em Lisboa quando me mudei para aqui pela primeira vez, há quatro anos. Tínhamos um amigo em comum”, recorda-se a proprietária. “Senti logo que já nos tínhamos conhecido numa outra vida”.

Não são novatos na implacável indústria da restauração. João Magalhães, por exemplo, trabalha em três outros espaços: o Água Pela Barba, Season e o Sugo, na mesma cidade. Já Jenifer Duke também tem uma loja de vinhos e trabalhou num projeto chamado The Future Of Food is Female, onde apenas existiam mulheres em todos os departamentos.

Fechado o conceito pelos amigos, chegaram os reforços. “A Ahn Dao [de 25 anos] já trabalhou em restaurantes muito famosos antes de se mudar para Lisboa no ano passado”, começa por dizer. “Ela e o João tomam as decisões do menu em conjunto.” Por outor lado, Quinti Deceuninck, de 33 anos, é a gerente e outra especialista em vinhos naturais, um dos grandes focos do Tricky’s.

Existe ainda Robbe Vandierendonck, que tem 31 anos e já conhecia Quinti há mais tempo. “Visitava-a muitas vezes e tornámo-nos grandes amigos. Quando ele quis sair da Bélgica, veio para aqui ter connosco”, diz Jeni Duke. Francisco Melo, de 32 anos, fecha o grupo. “O Xico já tinha sido sub-chef do João. Durante a pandemia começou um negócio nas Maldivas. Quando regressou a Portugal oferecemos-lhe logo um trabalho no Tricky’s.”

Percebe-se, portanto, que no Tricky’s encontramos uma família bastante grande e oriunda de várias partes do globo. E essa atmosfera é transposta para o wine bar. “Nós somos extravagantes. Os clientes podem estar a andar pelo espaço e começamos a dançar com eles. Bebemos shots juntos. É um lugar mais de festa”.

Este projeto pretende dar resposta a algo que os sócios acreditavam ser uma lacuna em Portugal. “Faltava aqui a vibe que nós temos. Víamos os bares que havia lá fora e ficávamos frustrados porque aqui não havia nada desse género, onde clientes e staff festejavam como se se conhecessem há anos”.

O bar também realiza noites temáticas. Neste último sábado, 18 de junho, por exemplo, celebraram os Santos Populares, e comprovaram que, apesar do ambiente mais jovem, o Tricky’s é mesmo para toda a gente. “Tínhamos aqui umas senhoras na casa dos 80 anos que estavam a dançar ao som de hip hop connosco”, conta Jenifer Duke.

O menu também foi especialmente pensado com carinho. “A nossa comida não é portuguesa, mas 90 por cento dos ingredientes são daqui. Trabalhamos com quintas orgânicas locais e talhantes fantásticos.” Pode provar, por exemplo, salada de lingueirão, pickle, amendoim, cebola rrita, ervas aromáticas (6€); escabeche de mexilhão, pepino, manjericão, endro, labneh e salsa macha (8€); língua de vaca grelhada, feijão preto fermentado e salada fresca (11€) ou queijo stracciatella, verduras da época e chili crisp (12,50€) um dos best sellers.

Na parte dos vinhos, vai encontrar opções naturais “que mostram o seu verdadeiro sabor, sem químicos.” Os copos custam, habitualmente, entre 5€ e 7,5€, mas este preço vai depender sempre das opções disponíveis. Já as garrafas podem ir dos 25€ aos 70€. Existem ainda cocktails e cervejas artesanais.

Carregue na galeria para conhecer melhor o novo bar de Lisboa.

ver galeria

FICHA TÉCNICA

  • MORADA
    Rua da Boavista, 112
    1200-262 Lisboa
  • HORÁRIO
  • De terça-feira a sábado das 10h às 00h
PREÇO MÉDIO
Entre 10€ e 20€

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT