Gourmet e Vinhos

A lampreia vai invadir vários restaurantes do Minho já este fim de semana

É uma oportunidade para provar várias receitas feitas com este peixe, além de rojões, papas de sarrabulho e outros pratos tradicionais.
A lampreia será o primeiro prato a ser servido.

O festival Sete Prazeres da Gastronomia está de volta ao Minho. Como já vem sendo habitual, em cada mês do ano vai haver um prato tradicional que é servido (durante um determinado período) nas mesas dos restaurantes aderentes espalhados pelo município de Barcelos.

O evento arranca já este fim de semana, nos dias 16 a 18 de fevereiro. A lampreia do rio Cávado é a estrela. Pode ser confecionada de várias formas, como à bordalesa, assada, com arroz, seca, fumada ou em conserva, por exemplo. 

Este peixe costuma aparecer nas cartas dos restauranstes nos primeiros meses do ano, normalmente até abril. Trata-se de uma espécie que nasce no rio, cresce principalmente no mar e regressa aos fluxos de água doce para se reproduzir. O seu ciclo de vida justifica a escassez e o preço, daí só ser servido em alguns restaurantes. Neste caso, estará em 17 espaços: Bagoeira, Casa dos Arcos, Chuva, Cozinha Regional de Barcelos, Dom Carlos, Galliano, Maria de Medros, Manjar das Estrelas, Os Mouros, Pedra Furada, O Cruzeiro O Rabeca, Solar das Fontes, Taberna Lopes e Taberna do Armindo, Taberna O Chico, Taberna O Manhoso e Vera Cruz.

Já em março, de 8 a 17, vai celebrar-se a Semana Gastronómica do Galo, dos Rojões e das Papas de Sarrabulho. No terceiro fim de semana de maio, o bacalhau será o ingrediente chave. Já entre 19 e 21 de julho, os petiscos vão apoderar-se das mesas. De 11 a 13 de outubro, vai decorrer o Concurso do Galo Assado; e de 15 a 17 de novembro, o Fim de Semana do Pica no Chão. O ano termina com o evento Tentações de Natal, a 7 de dezembro.

Os espaços aderentes em cada uma das iniciativas vão sendo revelados pela autarquia, mas espera-se que o número iguale o sucesso do ano passado, onde se registou um recorde de participações por parte da restauração de Barcelos. Ao todo, participaram 70 negócios minhotos no festival.

Áudio deste artigo

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT