Gourmet e Vinhos

Alerta, fãs de bebidas fermentadas: Aquela Kombucha lançou uma edição alcoólica

Hard é a primeira versão (bastante exclusiva) com álcool da marca portuense e tem um aroma a melão Casca de Carvalho e sálvia.
Uma edição especial.

A marca portuguesa Aquela Kombucha anunciou na sexta-feira passada, 28 de outubro, a entrada num novo segmento através do lançamento de Hard. A primeira edição com álcool desta bebida vai deixar os fãs de fruta loucos, já que é aromatizada com melão Casca de Carvalho e sálvia.

Segundo a insígnia, esta é uma categoria de produto que tem vindo a ganhar crescente interesse a nível internacional e que agora também está ao alcance dos consumidores portugueses. A primeira edição de Aquela Kombucha Hard tem por base uma fermentação de kombucha com levedura de champanhe, sendo posteriormente aromatizada com “o exclusivo e raro” fruto nativo do Norte de Portugal, e a erva aromática Sálvia, “requintada na sua frescura”, lê-se no comunicado.

A escolha de sabores não foi feita ao acaso. “Sendo esta uma edição muito especial quisemos também com ela enaltecer o fruto mais característico, autóctone e único do Norte, com um sabor singular, apimentado e efervescente ao qual aliamos a sálvia, de aroma quente e seco, para realçar, complementar e complexar, tornando o sabor final surpreendente e soberbo”, reconhecem no site.

Esta é uma edição bastante exclusiva também pelo número de unidades produzidas —  somente 120 garrafas. A sua criação foi “uma decisão natural”. “A kombucha é uma bebida tradicionalmente saudável, devido aos seus probióticos e ácidos orgânicos, benéficos à nossa flora intestinal, mas devido ao seu perfil de sabor e gás natural, tem havido muita curiosidade por parte da restauração em criar cocktails com ela”, revela Maria Lima, fundadora d’Aquela Kombucha.

A ideia foi apresentada primeiro a amigos, e teve tanto sucesso entre eles que passou depois a ser disponibilizada no bar do Porto de onde não saem cervejas, mas sim bebidas feitas à base da fermentação de chá. Aquela Kombucha Hard está disponível em garrafas estilo espumante de 75cl, com um teor alcoólico de 5.5 por cento, a 13€ a unidade.

“O processo produtivo começou com uma fase de investigação e outra de testes. No total demorou cerca de um ano até chegarmos ao produto final. A nossa vontade de conjugar ingredientes locais e sazonais trouxe-nos a este fruto tão especial. O apoio da Confraria do Melão Casca de Carvalho foi essencial pois conseguimos ter acesso ao fruto no seu ponto perfeito de maturação e a Sálvia veio enaltecer esta fusão de sabores pelos quais toda a equipa se apaixonou”, acrescentou Maria Lima.

A bebida vegan, biológica e sem conservantes, tem propriedades antioxidantes, vitaminas B e C e ajuda na eliminação de toxinas no corpo. “É criada através de uma primeira fermentação de chá açucarado, sendo a teína e o açúcar consumidos por bactérias e leveduras, que transformam esta base numa bebida com gás e culturas vivas. A hard kombucha é fruto de uma segunda fermentação, com levedura de champagne, que permite a criação de teor alcoólico”.

Nos próximos dias 4 e 5 de Novembro, Aquela Kombucha vai estar presente no Cazedu: Festival da Cultura das Fermentações, o primeiro certame realizado no Mercado do Bolhão, no Porto, desde a sua reabertura.

Leia também o artigo sobre o primeiro tap room do País onde quem manda é a kombucha.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT