gourmet e vinhos

Até domingo, pode comer todos os doces conventuais que conseguir

Pão-de-ló, brisas, ovos moles de Aveiro, cornucópias e pastel de Tentúgal. Há muito para experimentar em Abrantes.
Há cornucópias e muito mais para experimentar.

Por estes dias, Abrantes é a localidade mais calórica de Portugal. Arranca esta sexta-feira, 22 de outubro, a 19.ª Feira Nacional de Doçaria. Há várias sugestões para experimentar até ao próximo domingo, dia 24. Os doces conventuais estão em destaque nesta mostra.

É na esplanada 1.º de Maio, no centro histórico de Abrantes, que tudo irá decorrer durante estes três dias. Nesta edição foi ainda criado um serviço com entregas ao domicílio.

Entre os doces que pode provar estão sugestões tradicionais e conventuais típicos de várias cidades. Tem a Palha e as Tigelas de Abrantes, o pão-de-ló de Margaride e de Ovar, as brisas do Tâmega, as queijadinhas de S. Gonçalo de Amarante, os pastéis de Tentúgal ou as cornucópias de Alcobaça. Os níveis de açúcar continuam elevados com o bombom de figo negro de Torres Novas, os coscoréis da Sertã, os rebuçados de ovo do Alto Alentejo, o bolo fidalgo, o pão de rala ou a conhecida sericaia alentejana. 

Depois de uma visita a Abrantes, há vários doces e sobremesas que pode experimentar em Lisboa. Carregue na galeria para conhecer as nossas sugestões.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

Novos talentos

AGENDA NiT