Subscreva a nossa newsletter para receber as melhores sugestões de lifestyle todos os dias.

Gourmet e Vinhos

Auchan cria pontos de recolha gratuitos para pequenos produtores, artesãos e comerciantes

O projeto chama-se PickUp Local e faz parte do compromisso da marca para se aproximar das comunidades locais numa altura tão difícil.
A Gwiker já deixa as suas encomendas nas lojas Auchan para os clientes lá irem levantá-las.

Quando chegou a Portugal, em março deste ano, a Covid-19 começou por ser apenas uma crise sanitária. Porém, com o passar do tempo, transformou-se numa das mais graves de sempre. Entre o comércio de portas fechadas, a falta de turistas e o medo do vírus, os negócios locais e mais pequenos foram os que acabaram por sofrer as maiores consequências da pandemia — e precisam de todo o apoio para se voltarem a erguer.

No âmbito da militância do “Local“, nasceu o PickUp Local, um projeto inovador que disponibiliza, de forma totalmente gratuita, pontos de recolha para os pequenos produtores, artesãos e comerciantes locais. Com a chegada da pandemia e as suas consequências, a Auchan acelerou assim um projeto que já estava em desenvolvimento, e que passou a fazer todo o sentido arrancar neste momento tão difícil para o comércio local.

A iniciativa já arrancou em 25 lojas Auchan de norte a sul do País e permite, no fundo, que qualquer pessoa possa levantar as suas compras feitas e pagas diretamente aos pequenos produtores, comerciantes e artesãos locais, seja através do respetivo site ou por outra via. A receção da encomenda fica centralizada nas lojas Auchan, poupando-lhes vários custos associados às logísticas de entrega das encomendas. Para que tudo funcione na perfeição, a Auchan terá uma equipa de apoio a este projeto, para receber as encomendas dos produtores em loja e entregá-las aos clientes de forma cómoda e segura, todos os dias, das 11 às 20 horas.

Tudo isto acontece sem qualquer custo para o produtor ou para o respetivo cliente. “Além de um pickup totalmente gratuito, o produtor tem a vantagem de poupar na logística das entregas, concentrando-as num único local se assim o entender, e ainda poupar na pegada de carbono”, explica Clara Costa, Diretora da Marca e Transformação da Auchan Retail Portugal à NiT.

Para agilizar ao máximo este projeto, a Auchan recebe produtos alimentares (apenas à temperatura ambiente), mas também não alimentares, de pequenos negócios de bijuteria, roupa ou acessórios, por exemplo. E nem sequer precisa de ser obrigatoriamente um fornecedor do hipermercado para fazer parte deste projeto.

“A Auchan tem uma história bastante antiga de apoio à produção local. Mais do que nacional, queremos mostrar o que os pequenos fazem de melhor no local. Hoje, cerca de 90% das compras da Auchan são feitas a fornecedores nacionais e mais de 700 dos artigos comercializados nas lojas são provenientes de produtores locais”, conta Clara Costa.

Tudo fica guardado em segurança.

Como é que pode inscrever o seu pequeno negócio?

Basta preencher o formulário criado de propósito para este projeto. Nele, indica os seus dados e escolhe as lojas Auchan ideais para fazer as suas entregas. Depois, os representantes da Auchan entram em contacto para garantir que tudo funciona na perfeição. A partir daí, combina tudo com o seu cliente — desde o agendamento da entrega da encomenda à data em que a levanta.

A NiT esteve esta segunda-feira, 14 de dezembro, na Auchan de Alfragide para perceber melhor como tudo funciona. Diogo Maurício, representante da Gwiker, também estava neste supermercado para entregar uma das suas encomendas de snacks de fruta desidratada e preparados de risotos de legumes e cogumelos.

Diogo começou por conhecer o projeto PickUp Local através de uma partilha nas redes sociais de um amigo. Achou a ideia atrativa, ao poder fazer com que a sua pequena empresa, que conta com cerca de cinco colaboradores, pudesse estar mais perto do consumidor final, através da entrega dos seus produtos no sítio onde ele habitualmente faz compras. Além de poupar na contratação de serviços de transporte, não cobra portes de envio aos seus clientes.

“A nossa produção está centrada em Porto de Mós, mas como temos um centro de logística aqui em Lisboa, com produto disponível, eliminamos os transportes e entregamos tudo nesta rede de PickUp Local sem custos para nós ou para o cliente. É realmente uma mais-valia e uma ajuda preciosa neste momento”, explica à NiT.

Apesar de ser tudo recente, Diogo já está super satisfeito com a adesão dos seus clientes a este tipo de entrega. “Depois de nos inscrevermos na plataforma da Auchan, há mais ou menos duas semanas, fizemos uma partilha nas nossas redes sociais e recebemos logo três encomendas PickUp Local nas Auchan de Sintra e Cascais”, conta.

Quando o cliente acaba de fazer a sua compra, só tem de combinar com o produtor a data e a hora para levantar a sua encomenda já paga. É combinado um horário de pickup com o produtor e o responsável da Auchan também é informado para poder garantir que tudo é entregue exatamente como chegou ao supermercado. Simples.

Para saber quais são as lojas Auchan do País que estão a dinamizar o projeto e conhecer os produtores e comerciantes já inscritos para cada uma basta ir ao site Auchan&Eu.

Este artigo foi escrito em parceria com a Auchan.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT