gourmet e vinhos

A cerveja mais alcoólica do mundo foi criada por duas marcas rivais

Há mais de 10 anos que a BrewDog e a Schorschbrau competiam na criação da bebida. Decidiram juntar-se e as garrafas esgotaram.
Esteve à venda no site.

A BrewDog e a Schorschbrau competiam há mais de dez anos pela criação da cerveja mais alcoólica do mundo. Se uma lançava uma referência, a outra não se ficava e atirava para o mercado outra com maior percentagem. As duas cervejeiras deixaram a rivalidade de parte e juntaram-se na criação da cerveja com maior teor alcoólico do mundo, a Strength in Numbers.

A nova referência, com 57,8 por cento de álcool, foi lançada a 17 de setembro e esgotou em poucas horas. Resta agora saber quando será lançado um novo stock. Esteve disponível no site da BrewDog em pequenas garrafas com 40 mililitros que custavam 31,70€.

Segundo a “Food&Wine”, a bebida foi conseguida segundo um processo que consiste em congelar a cerveja e retirar algum do gelo para que fique mais concentrada e tenha mais álcool. É o chamado eisbock. Parte da receita da Strength in Numbers é composta pela Death or Glory da BrewDog, com um estilo belga que estagiou em barris de whisky durante dez anos.

A guerra entre as duas marcas começou em 2009 quando a Schorschbrau dizia ter a cerveja mais forte, com os 31 por cento da Tactical Nuclear Penguin. A BrewDog não se ficou e chegou ao mercado com uma referência que chegava aos 41 por cento, isto logo no ano seguinte.

Seguiu-se uma com 43 da Schorschbrau, outra com 55 da BrewDog e ainda a de 57 da Schorschbock. O patamar seguinte foi alcançado com a união dos dois grandes rivais, um alemão e outro escocês.

Ainda assim, a Brewmeister também reclama para si os louros da cerveja mais alcoólica com a Brewmeister, que tem 67,5 por cento. Porém, esta referência é enriquecida com álcool e não faz parte do processo natural de fabrico da cerveja, cujo álcool é dado pela fermentação.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

NiTfm
Novos talentos

AGENDA NiT