Gourmet e Vinhos

Chegou um novo mezcal artesanal a Portugal — e é feito de catos selvagens

O Mezcal Amarás é, como todos, feito a partir do agave. E pode ser bebido simples ou num cocktail fresco.
Esqueça a tequila

Tal como a tequila, o mezcal é feito a partir do agave, um tipo de cato típico do continente americano. Só que, ao contrário da tequila, que usa especificamente o agave azul, o mezcal pode ser feito com qualquer variedade.

O Mezcal Amarás, porém, é feito a partir de agave selvagem que, comparando com as vinhas e o vinho, pode ser de diversas variedades — o que cria bebidas marcadamente distintas.

A marca mexicana é 100 por cento artesanal, feita com plantas com 7 e 35 anos. São depois passadas secas numa lareira e eventualmente fermentadas com leveduras indígenas e destiladas em alambiques de barro ou cobre.

Existem cinco tipos de variedades: a tradicional com agave espadín de oito anos (55,35€), o Reposado com estágio de três meses em barricas de carvalho (67,65€), o Cupreata (73,8€), o Logia Cenizo (98,4€) com agave selvagem de 13 anos e o Yamba (150€).

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT