Gourmet e Vinhos

A Coca-Cola vai passar a produzir garrafas de papel reciclável

A primeira encontra-se em fase de testes, mas já foi divulgado o seu protótipo.
Vão passar a ser de papel.

Ser sustentável é a grande promessa das marcas para os próximos anos, não apenas na sua ideologia como no design dos seus produtos. E, por isso, a Coca-Cola anunciou a sua mais recente ambição, de vir a substituir as suas garrafas de plástico por embalagens feitas a partir de 100 por cento de papel reciclável.

O conceito da garrafa de papel tem vindo a ser desenvolvido em parceria com a Paboco, uma empresa de garrafas de papel criada em 2019, que promove soluções inovadoras para embalagens de papel e sistemas de fabricação. Em conjunto, estão a criar um projeto que visa acabar com o desperdício de resíduos no mundo.

“A nossa visão é criar uma garrafa de papel que possa ser reciclada como qualquer outro tipo de papel, e este protótipo é o primeiro passo no caminho para conseguir isso. Uma garrafa de papel abre um novo mundo de possibilidades de embalagem, e estamos convencidos de que a embalagem de papel tem um propósito a desempenhar no futuro”, afirma o R&D Packaging Innovation manager da Coca-Cola, Stijn Franssen.

O estágio do protótipo ainda se encontra numa fase inicial, mas a Coca-Cola garante que está a trabalhar para que a garrafa de papel cumpra os mesmos padrões de qualidade e segurança alimentar do que outros tipos de embalagens. Contudo, ainda há muito trabalho até alcançar o modelo ideal da primeira geração de garrafas em papel, que ainda contém algum plástico.

Protótipo da nova embalagem

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT