Gourmet e Vinhos

Dona do Continente passa a dar as tardes de sexta aos funcionários

Segundo a Sonae, este poderá ser um primeiro passo para uma semana de quatro dias de trabalho.
A medida já está em vigor há um mês.

Numa altura em que se começa a falar em Portugal da semana de quatro dias de trabalho (a medida está no Orçamento do Estado para 2022), a Sonae já começou implementar um modelo para lá chegar. Desde há um mês que os trabalhadores dos escritórios da empresa, que é dona do Continente, têm as tardes de sexta-feira livres.

“É uma primeira porta e uma primeira forma de reorganizar o nosso trabalho de forma a libertar parte do nosso tempo. Será um bocadinho aquilo que será uma semana de quatro dias de trabalho”, explicou em entrevista ao jornal “Eco”,  Vera Rodrigues, diretora de recursos humanos da MC.

Neste momento, os escritórios estão também a funcionar com um sistema híbrido. Estes colaboradores podem trabalhar a partir de casa dois dias por semana. Esta é mais uma política de flexibilidade da empresa para com os trabalhadores.

O grupo Sonae emprega mais de 35 mil pessoas. Perto de dois mil funcionários serão abrangidos por estas medidas, que apenas se verificam nos escritórios.

Durante a discussão do Orçamento do Estado, no final de maio, a maioria do PS aprovou uma proposta do Livre para arrancar já este ano com um projeto piloto para a semana de quatro dias de trabalho.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT