gourmet e vinhos

Gordon Ramsay ficou louco de paixão por estes vinhos de Colares

Depois do programa em Portugal, o chef acabou por levar três garrafas para casa. Até as comparou com as maiores referências francesas.
O Monte Cascas Ramisco 2009 foi o favorito do chef.

No verão de 2020, Gordon Ramsay passou por Portugal para gravar um episódio do programa homónimo da National Geographic. Estreou na sexta-feira, 15 de outubro. Entre as várias visitas do chef britânico, houve uma, em Colares, que foi particularmente marcante. Ramsay apaixonou-se perdidamente pelos vinhos daa Casca Wine. “Considerou-os com um perfil que se assemelha ao melhor dos vinhos da região francesa de Borgonha”, explica à NiT o enólogo Hélder Cunha.

Hélder é o responsável pela Casca Wine e teve o privilégio de ser um dos convidados de “Gordon Ramsay: Uncharted”. Ainda antes das filmagens, conseguiu ter um breve encontro com o chef. “Tivemos uma conversa muito espontânea, como se fosse um encontro de amigos de longa data. Também foi neste registo que o episódio foi gravado, com grande fluidez. Foi uma experiência épica que nunca irei esquecer.”

As gravações decorreram em Colares durante pouco mais de uma hora. O encontro acabou por ser condensado em alguns minutos para o programa, tempo suficiente para explicar as particularidades daquela produção. “O que o chef mais gostou foi do facto destas vinhas serem plantadas em chão de areia e de terem um método cultivo particular.”

As filmagens foram feitas numa altura em que era preciso levantar os cachos do chão. O chef ajudou Hélder Cunha a colocar canas com 30 centímetros para apoiar as vinhas. Seguiu-se uma prova com algumas das melhores referências.

O Monte Cascas Ramisco 2009 tinto foi o rótulo mais apreciado. Ramsay comparou até esta referência aos melhores vinhos da região da Borgonha. “É um extremo orgulho e, claro, satisfação saber que o nosso estilo em Colares pode e é reconhecido como um vinho num estilo semelhante aos melhores do mundo.”

Gordon Ramsay acabou por levar uma garrafa deste estilo, mas também outras três: o Monte Cascas Ramisco de 2012; o Malvasia 2008; e o DOC Colares de 2014. Todos estão à venda no site da marca.

Com este destaque no programa, Hélder espera que a região tenha mais visibilidade internacional. “Espero que consiga projetar e dignificar a região e os vinhos de Colares em todo o mundo.”

A Casca Wine produz vinhos em várias zonas do País, porém, os desta região revelaram-se particularmente atraentes para o chef super star.

“Após a plantação, requer uma espera entre quatro e sete anos até que a videira ganhe forças para subir até à superfície da areia e aí comece a produzir as preciosas uvas. É curioso ver quando os troncos das videiras à superfície estendem os seus lançamentos pela areia fora, assemelhando-se a um emaranhado de cobras estendidas ao sol. Os cachos quando crescem, encostam-se ao chão e recebem a energia térmica da areia aquecida. Tudo isto torna Colares especial”, explica o enólogo, carregado de orgulho.

Neste episódio especial em Portugal, Gordon Ramsay desafiou ainda o chef Kiko Martins para cozinhar uma refeição que foi servida ao presidente da Câmara da Nazaré. Esta temporada de “Gordon Ramsay: Uncharted” vai passar também pela Croácia, México, Texas, Maine, Porto Rico, Islândia e as Smoky Mountains, na América.

Se gosta de vinhos, mas — ao contrário de Gordon Ramsay — é um forreta, carregue na galeria para conhecer 10 vinhos brancos portugueses que custam menos de 4€.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

Novos talentos

AGENDA NiT