gourmet e vinhos

Há uma nova peixaria moderna em Lisboa com o melhor peixe de Sesimbra

A Dona Peixaria abriu no Campo Grande e traz de volta à cidade a tradição destes espaços. Também fazem entregas na cidade.

“Quebrámos a ideia da peixaria com cheiro, com águas no pavimento e com escamas e desenvolvemos a imagem de uma peixaria tradicional, mas moderna”, resume em poucas palavras Mónica Jardim, de 33 anos, o projeto que abriu no Campo Grande, em Lisboa, com o marido, Alexandre Oliveira. Chama-se Dona Peixaria e está funcionar na cidade desde 15 de março. Grande parte das sugestões chega da lota de Sesimbra.

Ao entrar é como se estivesse numa banca de um mercado com os peixes todos dispostos em cima de uma quantidade generosa de gelo. As sugestões podem mudar todos os dias. “É sempre conforme o peixe fresco que é pescado e chega à lota. Ainda assim, as pessoas podem encomendar as espécies em específico e até o tipo de corte que pretendem.”

O casal nunca esteve ligado a esta área. Mónica é formadora numa multinacional e Alexandre trabalha numa agência de design e comunicação. “Abrimos este espaço por sermos consumidores e fãs de peixe, mas também por morarmos no Campo Grande e haver uma carência de oferta de peixe fresco nesta zona”, explica.

Mónica é de Sesimbra e sempre se habituou a comer peixe de mar. “Sentimos que não existia muita oferta na cidade.” Escolheram o bairro onde vivem para estrear o conceito. Apesar de poucas semanas de atividade, já pensam levar o projeto a outras zonas da cidade, sempre que existir oportunidade.

Além da lota de Sesimbra, a de Peniche é outra onde se fornecem para apresentar as melhores sugestões ao longo da semana. O espaço é muito clean, apenas com a banca do peixe, azulejos azuis e uma parede com o nome do espaço e o slogan que escolheram: “Dona Peixaria de Lisboa, do Pregão e das Varinas”.

Dona Inês, natural da Madeira, é a peixeira do espaço.

Do exterior do Campo Grande, o toldo azul também chama a atenção. Já as portas envidraçadas permitem ver tudo o que se passa lá dentro, com o grande destaque para os peixes. É tudo arranjado na hora, como preferir. Sem escamas, para assar, sem tripas, é como quiser, basta pedir que é tudo feito ao momento.

Entre os peixes mais pedidos estão a garoupa, o cherne, o robalo, as ovas de pescada, os salmonetes e os jaquinzinhos. Há ainda alguns mariscos, como ostras e percebes, que também estão entre os mais procurados. O salmão é o único produto que vendem que não é nacional.

“A reação das pessoas tem sido bastante positiva e com elevado grau de satisfação. O mais importante é que nos têm recomendado e o passa palavra tem sido o nosso melhor cartão de visita, sempre com base na nossa qualidade.”

Não quiseram ser apenas mais um espaço de venda de peixe na cidade. “Queremos ser diferenciados na oferta de peixe fresco de mar, prestar um serviço personalizado ao nosso cliente, elevando a tradição de sermos um povo de mar.”

Às segundas-feiras e domingos são os únicos dias em que estão encerrados. Nos restantes é entre as 9 e as 15 horas que consegue comprar peixe e marisco. Através do número de telemóvel 910 270 009 consegue fazer encomendas e agendar as entregas.

Mónica e Alexandre são os responsáveis pelo projeto.

FICHA TÉCNICA

  • MORADA
    Campo Grande 82F, 1700-094 Lisboa
    1700-094 Lisboa
  • HORÁRIO
  • Das: 09:00
  • Às: 15:00
  • Fecha aos domingos e segundas
PREÇO MÉDIO
Entre 10€ e 20€
TIPO DE COMIDA
Loja

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT