Gourmet e Vinhos

Há uma novidade para provar nos restaurantes do chef Olivier: o vinho Farouk

Desenvolvido em parceria com a Niepoort, é uma homenagem a um elemento da família, um cão da raça Cane Corso.
O vinho já está disponível nos restaurantes nacionais.

O vinho é, para muitos, indissociável de uma boa refeição. Afinal, a referência certa pode realçar os sabores dos pratos, elevando a experiência. E, agora, tem uma nova opção nos restaurantes do grupo Olivier. Porém, não se trata de “mais um” rótulo, mas sim de um tinto exclusivo.

A criação nasceu de um encontro entre os fundadores da Niepoort (uma emblemática produtora vinícola do Douto) e Olivier da Costa. Chama-se Farouk, uma vez que quando tomaram a decisão o cão (com esse mesmo nome) do conceituado chef também estava presente. No fundo, o objetivo é homenagear o patudo da raça Cane Corso, que acompanha Olivier para todo o lado.

O Faruk apresenta uma mistura de castas, com predomínio da Touriga Franca e Touriga Nacional e uma acidez natural, conseguida após um ano agrícola perfeito, em 2021.

Já chegou aos restaurantes.

O rótulo, produzido na região Covas do Douro, foi criado por Dick Niepoort, Daniel Niepoort e Luís Pedro Cândido da Silva. Conta com um volume alcoólico de 12,5 por cento e estagiou durante 12 meses. 

A proposta não irá passar a ser “o vinho da casa” dos vários restaurantes, mas integra a carta de todos os espaços do grupo. Está disponível em diferentes tamanhos: cinco mililitros, 1,5 litros e três litros, e também podem ser compradas para levar.

O preço varia consoante o espaço. No XXL — onde também é servido a copo (10€) — e no Yakuza, a garrafa de 1,5 litros custa 45€ e no Guilty 40€. 

Em breve, o Farouk estará também chegará aos restaurantes internacionais do chef Olivier (Londres, Tenerife, Paris, Brasil, França, Tailândia, Itália e Espanha).

Carregue na galeria para ver imagens de alguns dos pratos que pode pedir no XXL by Olivier.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT