Gourmet e Vinhos

Já não têm só vinhos: a Quinta do Soalheiro lançou uma nova linha de chás

Têm propostas que vão da cidreira à perpétua vermelha ou roxa. Uma lata traz 35 porções e custa 7,50€. Também têm vários packs.
Tem dez sabores diferentes.

Durante o outono e inverno não há nada que nos saiba melhor do que uma bebida bem quente. Pode ser vinho, leite ou café. No entanto, todos sabemos qual é a proposta mais famosa: o chá. Atualmente, a oferta disponível mercado é muito vasta e inclui variedades para todos os gostos, dos clássicos preto, verde ou branco, às infusões tradicionais como a camomila ou a erva-cidreira; a outras menos comuns, como é o caso da perpétua roxa. Estas duas últimas são apenas duas das opções da The Pur Terroir, a nova linha da Soalheiro.

São integralmente produzidas na região de Melgaço recorrendo ao cultivo biológico, através de processos artesanais. Têm dez variedades diferentes que, segundo garantem, têm vários benefícios. Ajudam a reduzir o cansaço, a ansiedade e a criar defesas contra as doenças sazonais.

Alecrim, cidreira, erva príncipe, lúcia-lima, hortelã verde, hortelã pimenta chocolate, perpétua vermelha, perpétua roxa, tomilho e tomilho-limão são as dez variedades disponíveis. Cada lata de 35 porções custa 7,50€. Estão disponíveis online e em vários pontos de venda, e também podem ser compradas em packs de quatro latas. Estes custam 30€.

Além de produzir vinhos bastante apreciados pelo País, a Quinta do Soalheiro tem vindo a apostar no turismo. Em 2020 abriram a Casa das Infusões no interior da propriedade p, após um investimento de cerca de 50 mil euros. Tem capacidade para receber seis pessoas e, uma noite ali, custa 160€. Além de três quartos, a casa rústica tem uma pequena piscina e um idílico jardim.

Durante a estadia, os visitantes também podem ter um contacto mais próximo com a atividade agrícola, que recorre a conceitos de produção sustentável para promover a biodiversidade da fauna e flora local. É naquele espaço que também poderá ver como são produzidas as novas infusões da marca.

A origem da Soalheiro data a 1974, ano em que João António Cerdeira e os seus pais, António Esteves Ferreira e Maria Cerdeira, decidiram apostar na plantação da casta Alvarinho. Desde aí que têm continuado a produzir aqueles vinhos, passando o legado para a nova geração liderada pelos irmãos Maria João e António Luís, que contam com a ajuda da mãe, Maria Palmira Cerdeira.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT