gourmet e vinhos

Mercado 31 de Janeiro muda de nome para homenagear Açucena Veloso

A alteração foi oficializada esta sexta-feira, 18 de setembro, numa cerimónia que contou com a presença de Fernando Medina.
Foto de CM Lisboa.

Açucena Veloso era uma das figuras mais conhecidas do Mercado 31 de Janeiro, em Lisboa. Ali trabalhava desde pequena, mas foi com a venda de peixe a alguns dos restaurantes mais conhecidos da cidade que se notabilizou. Ficou conhecida como a “peixeira dos chefs” e dois anos depois de ter morrido, o mercado é rebatizado com o seu nome.

A cerimónia decorreu esta sexta-feira, 18 de setembro, e contou com a presença de Fernando Medina, o presidente da câmara de Lisboa, naquele que é agora o Mercado 31 de Janeiro – Açucena Veloso. À entrada foi colocado um mural com a imagem da peixeira.

Açucena Veloso começou por vender limões, mas foi o peixe que a tornou conhecida. Aos 9 anos já trabalhava no Mercado 31…

Publicado por Câmara Municipal de Lisboa em Sexta-feira, 18 de setembro de 2020

A mudança de nome já estava prometida há algum tempo por Fernando Medina e partiu de uma proposta da Associação de Comerciantes nos Mercados de Lisboa poucos dias após a morte de Açucena Veloso. 

A peixeira sofreu um acidente de viação em 2018. Tinha 65 anos e desde os 9 que vendia naquele mercado. Só mais tarde se virou para o peixe onde passou a fornecer vários chefs da cidade, como Miguel Castro e Silva, Justa Nobre, Vítor Sobral ou Kiko. Robalos, garoupas e douradas das lotas de Peniche, Olhão, Setúbal e Sesimbra eram algumas das sugestões. Neste dia 18 de setembro faria 68 anos.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

NiTfm
Novos talentos

AGENDA NiT