Gourmet e Vinhos

A nova mercearia de Arroios só vende produtos portugueses, biológicos e sustentáveis

Deu os primeiros passos no online, mas em setembro ganhou um espaço físico.
Os preços dos produtos variam entre menos de um euro e os 16.

Fruto de uma epifania do primeiro confinamento, nasceu, em fevereiro e ainda no online, a Mercearia Andorinha. Apesar deste primeiro passo, empurrado pela vontade de ser feito algo novo nos tempos que se viviam, os planos para este projeto não se ficavam por aí. Na ordem de ideias dos proprietários, João Tiago Cerqueira, de 43 anos, e de Joana Soares, de 34, esteve sempre a vontade de a mercearia ganhar uma morada física. E, desde o passado dia 1 de setembro, que isso é uma realidade.

É no número 34 da Rua Cavaleiro de Oliveira, em Arroios, que está a Mercearia Andorinha. Em tempos foi uma oficina de ourives do pai de um dos responsáveis do negócio, João Tiago Cerqueira. Nele guarda memórias desde os seus três anos até ter ido para fora fazer a sua formação. Agora, depois de nove anos fechado, João voltou ao sítio que o viu crescer para lhe dar uma nova vida. E deu-lhe um nome que representa aquilo que significa regressar.

“A ideia inicial seria ser qualquer coisa do género “Oficina do Campo”, por tentarmos trazer um bocadinho do campo ao centro urbano, mas a Andorinha tem também muita a ver com a nossa identidade portuguesa. Só que o fator mais importante foi a questão de a Andorinha voltar sempre à casa de partida. E também isto é um regresso. Há nove anos que este espaço estava encerrado, sempre com a possibilidade em aberto de eu poder um dia vir a utilizá-lo. E fazia sentido este regresso. A andorinha regressa”, começa por contar à NiT João Tiago Cerqueira.

E é um retorno em grande. Na nova mercearia da Praça do Chile, em Lisboa, ambiciona-se fazer parte da “engrenagem na alavancagem da economia portuguesa”. Isto quer dizer que uma das grandes caraterísticas é o facto de vender produtos de origem nacional. E isto tudo com uma preocupação redobrada quanto ao nível de qualidade dos produtos vendidos.

É nacional, biológico e bom.

Quase como um lema a seguir, a Mercearia Andorinha assenta sobre quatro pilares fundamentais: ser “mais bio, mais português, mais sustentável e mais prático”. Todos os dias, artigos oriundos de várias partes do País estão disponibilizados tanto aos clientes que se deslocam ao espaço físico em Arroios como para quem os encomenda através do online. 

Falamos-lhe de prateleiras repletas de produtos biológicos, desde as farinhas às manteigas de frutos secos (amendoim, de coco, de avelã). Bons azeites, tostas, opções de conserva. Existem também várias propostas de vinhos (também biológicos e artesanais), pão de fermentação lenta e até detergentes ecológicos, que, segundo João Tiago Cerqueira “funcionam lindamente e têm uma aceitação muito boa por parte dos clientes”.

Por ter uma preocupação com a inclusão de alimentos que satisfaçam todos os gostos e estilos de vida, a mercearia disponibiliza ainda várias alternativas veganas, como as kombuchas e as sodas e limonadas orgânicas. Futuramente, já com um espectro muito mais alargado, uma vez que ainda se encontram a estudar o mercado, os responsáveis pelo negócio estão a preparar-se para trazerem várias sugestões de, por exemplo, enchidos veganos.

“Há aqui um fator de inclusão: as coisas são portuguesas, são de origem controlada e são de qualidade. E há um bocadinho para todos”, reforçou o proprietário de 43 anos. Mas a gama não se fica por aqui. A intenção passa por aumentá-la com novos e variados produtos de produção nacional, biológica e sustentável que não se encontra no comércio mais mainstream nem nas grandes superfícies.

“Nós, efetivamente, temos aqui alguns artigos, como as bebidas vegetais, que são comuns a todas as superfícies, até as grandes áreas comerciais. Mas temos também aqui alguns produtos, como por exemplo, os palitos de pão de ló torrado e outras coisas, que são realmente artesanais e que não andam no circuito comercial comum. É, por isso, que acho que o que pode diferenciar a Andorinha do resto do mercado, pelo menos do desta região de Arroios, é sobretudo a nossa oferta. Para além disso, é esta relação de rua, de mercearia de bairro, de proximidade com os nossos fregueses que faz a diferença.”

Ainda relativamente a preços, pode contar com artigos com valores que começam abaixo de um euro e que depois vão, num limite, até à casa dos 16 euros. 

De seguida, carregue na galeria para conhecer os cantos à nova casa da Mercearia Andorinha.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT