Gourmet e Vinhos

O eletricista que levou o frango com piri piri à portuguesa ao “MasterChef Austrália”

A receita foi preparada numa das cozinhas mais famosas do mundo por um concorrente que sonha abrir uma padaria.
Theo Loizou é concorrente do Masterchef Austrália.

Frango com (muito) molho piri piri, feito com vários tipos de malaguetas, paprica e cebola em pó. Acompanhado por batata-doce, para contrastar com a explosão de sabores da carne. Theo Loizou apresentou assim a receita nacional, conhecida um pouco por todo o mundo. “Está melhor do que tudo o que já fiz em casa. Consegui melhorá-lo. Está mesmo picante, acreditem!”, revela o concorrente do “MasterChef Austrália”.

Na cozinha do concurso de culinária mais famoso do mundo, o eletricista de 37 anos preparou sob pressão e com extremo rigor um dos pratos mais conhecidos do nosso País. Não é por acaso que a marca “Nando’s”, com um menu de base semelhante, faz tanto sucesso além-fronteiras. Ao conjugar a especiaria moçambicana com o frango de churrasco lusitano é uma das cadeias mais famosas do mundo, com restaurantes em mais de 30 países.

Não foi a primeira vez que um prato tipicamente nacional foi preparado no “MasterChef Austrália”. Em 2022, Christina Batista cozinhou bacalhau à Brás para os jurados. Este ano, na 15.ª edição do concurso, o australiano Theo — filho de mãe grega e pai cipriota — sem qualquer ligação a Portugal a não ser a gustativa, testou as suas habilidades gastronómicas.

No episódio exibido na SIC Mulher a 4 de dezembro, o desafio tratava-se de confecionar um prato a pedido de um familiar. Assim surgiu o frango suculento e intenso — escolhido por Laure, a francesa que namora o concorrente há três anos e meio. A receita tem um significado especial na relação de ambos, que ultrapassa o paladar.

“Quando Laure chegou à Austrália, o primeiro prato que fomos buscar foi frango com piri piri à portuguesa. Agora, adora quando o faço para ela. Se pudéssemos, comeríamos todos os dias”, sublinhou o concorrente. “É um prato que me remete para a nossa vida a dois e para os momentos que passamos a cozinhar no meu quintal. Com uma fogueira a arder e a Laure sentada com um copo de vinho. Decidi pegar nessas memórias para as transformar num grande prato”, explicou.

A paixão de Theo, eletricista de profissão, não é nova. É obcecado pelo processo de panificação desde miúdo. Descreve os momentos em que o pai chegava a casa com pão ainda morno e crocante como “as melhores sensações de sempre”. Em 2019, o cozinheiro decidiu largar os sistemas elétricos para seguir o seu sonho.

Mudou-se para França, onde aterrou numa padaria parisiense e por lá ficou três anos. Ali conheceu a atual companheira, Laure. Mais tarde decidiram recomeçar as suas vidas em Melbourne, Austrália. A relação única que tem comida só poderia levar Theo à cozinha do “MasterChef”, para testar as suas aptidões e, quem sabe, um dia abrir a própria padaria.

O “MasterChef Austrália” é exibido na SIC Mulher diariamente. Por lá, a 15.ª temporada (a que está a ser atualmente exibida em Portugal) já terminou, tendo decorrido de maio a julho de 2023. As gravações tiveram de ser adiadas uma semana, devido à morte inesperada do jurado Jock Zonfrillo, a 1 de maio. O programa teve como restantes jurados os chefs Andy Allen e Melissa Leong, com a participação especial de Jamie Oliver, um dos convidados desta edição.

Adora este prato tipicamente português? Descubra qual é o melhor frango assado de Lisboa, segundo os leitores da NiT.

ver galeria

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT