restaurantes

O Lisboeta: a marca que transformou o salame de chocolate em apetitosos bombons

E ainda os banhou com chocolate. Uma loucura que pode ser pedida em Lisboa. Todos os meses há novos sabores.
Todos os meses é lançado um novo sabor.

Nos almoços e jantares de amigos dá sempre para pôr a conversa em dia, contar as últimas novidades e até criar novas marcas super apetitosas. Se bem que por estes dias os ajuntamentos querem-se limitados, a história que aqui contamos remete-nos para março, numa altura em que a pandemia estava longe de ser o que é hoje e os encontros em casa não eram vistos de lado. Foi numa nestas reuniões de amigos que Catarina Belmarço, de 32 anos, e Sebastião Lorena, de 34, perceberam que o salame de chocolate os unia e que podiam fazer muita gente feliz com simples alterações ao doce tradicional.

É assim que surge o Lisboeta, uma nova marca que pegou na típica sobremesa que ninguém é capaz de recusar à fatia e a partir de agora também não deixa de lado em bombons com cobertura. Catarina é gestora de marca numa multinacional de bebidas espirituosas e Sebastião responsável de vendas numa empresa nacional na área agro alimentar. O setor da alimentação estava lá, mas nunca se tinham aventurado num negócio na área.

No almoço de amigos que tiveram em março ficaram encarregues de fazer a sobremesa. E o que resolveram levar? Um salame de chocolate. Até aqui tudo bem. A melhor parte, e a que os leva até ao Lisboeta, vem a seguir, quando começam a pensar que podiam fazer algo a partir deste doce.

“Demos por nós a debater o sobre aproveitamento do salame de chocolate enquanto um doce tão adorado pela maioria das pessoas que conhecemos, mas apenas encontrado em pastelarias, supermercados ou festas de crianças, sendo consumido na maioria das vezes como um snack e não como uma verdadeira sobremesa”, explicam à NiT.

Debates feitos, almoço terminado, e não foi preciso esperar muito para que o assunto continuasse. “No dia seguinte começamos a analisar o mercado, a perceber que oferta existia e acabamos por perceber que havia uma possibilidade de criarmos uma marca forte que se destacasse.”

Há caixas de nove ou 12 unidades.

Foram precisos três meses para que conseguissem chegar ao resultado final da receita base e, por fim, aos vários sabores que quiseram juntar. “É um salame diferente, daí a nossa assinatura de marca ser ‘O Nosso Salame de Chocolate’ com alterações na receita tradicional, banhado com  diferentes tipos de chocolate e ingredientes, congelado e em forma de bola.”

Os amigos, os mesmos do almoço e até outros, serviram como provadores oficiais, tudo para o bem do arranque deste negócio. “Criámos um painel de amigos amantes de salame de chocolate que tiveram o papel mais importante para chegarmos até ao que oferecemos hoje. Testámos, alterámos, acrescentámos, reduzimos ingredientes e apresentámos diferentes formas e finalmente conseguimos fechar a receita e o formato.”

Neste momento trabalham com três sabores fixos e mais um que é acrescentado todos os meses. São eles o Lisboeta de leite, o de chocolate preto e o de chocolate branco. Este mês de outubro criaram um com caramelo salgado, que está a fazer tanto sucesso que é provável que entre para as opções fixas.

“O Lisboeta Branco é o mais comentado e responsável pelas reações mais incríveis como: ‘nunca comi nada tão bom’. Mas o de caramelo salgado tem tantos fãs fiéis, que chegam a fazer encomendas de 36 unidades só deste sabor.” Em dezembro vão ter disponíveis mais dois novos salames.

As encomendas podem ser feitas através da página de Instagram.  Estão a vender as bolas de salame de chocolate em caixas com seis unidades (9€) ou 12 (15€), onde o cliente pode fazer um mix entre os sabores. Em breve vão também lançar um site, onde podem ser feitos os pedidos. Em novembro os salames podem ainda ser encontrados na Passe, um novo pronto a comer na Rua Sousa Pinto, em Lisboa.

Um dos planos a médio prazo passa por ter uma loja própria na cidade. Mal podemos esperar.

O de chocolate branco é um dos mais pedidos.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

Novos talentos

AGENDA NiT