Gourmet e Vinhos

O novo chouriço de Quiaios é feito com algas, mas mantém o “sabor de sempre”

A receita tradicional é preparada sem perder o aspeto, a textura ou o cheiro. Só tem menos sal e aditivos. "É um produto promissor."
Vai ser exatamente igual ao original.

Carne de suíno, vinho, sal, alho natural, pimentão, emulsionantes, amido modificado de milho, açúcar, proteína de colagénio, dextrose, pimenta, antioxidantes, conservantes e tripa natural de suíno. É esta a lista de ingredientes do chouriço tradicional de Quiaios, da Cevadas – Casa de Carnes do Ervedal — mas em breve vai deixar de ser assim.

Há um novo produto que promete revolucionar a indústria dos enchidos. Trata-se de um chouriço preparado com macroalgas e plantas halófitas, sendo que uma das mais conhecidas é a salicórnia. O objetivo? Reduzir o teor de sal e a utilização de aditivos.

Imagine, então, aquela espécie de tubo, que é, na verdade, uma tripa, recheada com carne, gordura, sangue de porco e com temperos, com a mesma forma de sempre, textura, com todo o sabor e cheiro do chouriço natural, mas que pode comer sem se preocupar com o colesterol. São boas notícias para quem não sai de uma consulta médica sem ouvir do médico a famosa recomendação: “Esqueça lá o chouriço e os salgados. Tem de ter cuidados com essas coisas”, do médico.

À NiT, fonte da empresa da Vila de Quiaios, explicou, porém, que ainda teremos de esperar para comprar este chouriço promissor. “Neste momento, é ainda um protótipo. A investigação está em curso, pelo que ainda não iniciámos a comercialização.” A meio do processo, e sem previsão para quando será lançado no mercado, já foi provado por vários intervenientes.

“Ainda temos de fazer uma bateria de análises, mas já é um produto promissor”, acrescenta. A empresa garante-nos que todo o processo é feito tal qual o original — de forma tradicional — e que leva todos os ingredientes habituais. À exceção, claro, do sal e dos aditivos.

A ideia original surgiu através do laboratório da Universidade de Coimbra, e foi recebida pela empresa como “algo fora da caixa”. Ainda assim, os responsáveis decidiram avançar. “Se tudo correr como esperamos, já pensamos expandir o processo a outros dos nossos produtos”, conclui a mesma fonte. O preço pelo qual será vendido ainda não foi pensado, mas o original tem um valor de referência de 3,29€.

A Cevadas é uma empresa de origem familiar com uma experiência de mais de quarenta anos na produção de enchidos tradicionais de alta qualidade. Foi criada, inicialmente, como talho, mas, ao longo deste tempo, passou por diversas etapas. Durante este período apresentou vários produtos. Hoje já está presente na grande distribuição.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT