Gourmet e Vinhos

O novo vinho da Quatro Cravos é um pequeno milagre de Natal

O Pé de Ganso Reserva Especial 2001 é a grande novidade para 2023. Mesmo a tempo das festas.
O trabalho nas vindimas.

A Bairrada é conhecida pela excelência dos vinhos espumantes. É precisamente nesta região que o produtor Quatro Cravos colhe as melhores uvas desde 1911. Tudo começou com a Adega Cravo, com vinhas nas freguesias do Troviscal e Ancas, nos Concelhos de Oliveira do Bairro e Anadia, do Distrito de Aveiro. Daqui saíam pipas em carros de bois até à ribeira do Boco, onde eram descarregadas para bordo dos barcos moliceiros que as faziam chegar ao seu destino: as casas de petiscos nas regiões ribeirinhas do Furadouro e Ovar.

Com o sucesso veio também a luxúria da família e a adega acabou por ter algumas dificuldades na gestão ao longo de um século. Mas tudo mudou em 2014. Alberto Cravo, bisneto do fundador da adega, tomou as rédeas do negócio e elevou-o a uma dimensão empresarial. Pela incapacidade de fazer crescer as instalações originais, optou por construir a Adega Original e manter as duas em funcionamento.

“Para complementar a produção das vinhas velhas, foram adquiridos terrenos argilo-calcários para plantar vinhas novas e ganhar a dimensão e consistência na produção de vinhos tranquilos e espumantes de elevada qualidade”, conta Alberto Cravo, presidente do conselho de administração da Sociedade Agrícola Quatro Cravos, que detém ainda a Positivewine. As três adegas estão dedicadas à produção de vinhos DOC Bairrada e IG Beira Atlântico, muitos deles reconhecidos internacionalmente — e não param de lançar novidades.

O Pé de Ganso Reserva Especial 2001 é a mais recente criação a chegar ao mercado. “Trata-se de um vinho cem por cento BAGA que manifesta uma intensidade aromática fresca e imaculada, acidez presente e taninos macios. Sem madeira, com presença final balsâmica e notas suaves de especiarias exóticas”, explica-nos Nuno Santos, diretor executivo da marca. Pode encontrá-lo à venda por 100€.

No geral, os vinhos da Quatro Cravos podem ser descritos como plenos de carácter, frescos no palato, preservando delicadas notas florais e de fruta, às quais podem ser associadas notas tostadas e a complexidade aromática originada pelo envelhecimento em barrica e garrafa. “Apresentam uma suavidade notável e mineralidade muito pronunciada, características intimamente ligadas ao tipo de solo e à proximidade do Oceano Atlântico”, acrescenta Nuno Santos.

Além da novidade, podemos destacar o espumante natural Flutt Bruto Branco (5,50€), que recebeu a medalha Grande Ouro nos prémios Portugal Wine Trophy em 2018; a de bronze em 2021 e em 2023 no Decanter World Wine Awards; e ainda a de prata em 2018 e 2021 pelo International Wine Challenge. Parece um currículo suficientemente bom para dar a este vinho uma oportunidade, certo?

Este ano, no Concurso de Vinhos e Espumantes da Bairrada, o Original Reserva Branco 2020 (7,50€) foi reconhecido como o grande vencedor por ter sido o vinho mais pontuado do concurso em causa. Consequentemente, foi galardoado com a Grande Medalha Ouro como melhor vinho branco de toda a competição.

Em parceria com a NiT, a Quatro Cravos quer levar dois leitores a gozarem uma estadia no Hotel Dom Pedro, em Vilamoura, unidade hoteleira que comercializa os vinhos deste produtor no Algarve. Para se candidatar a vencer esta escapadinha, só precisa de participar no passatempo que está a decorrer no Instagram da NiT.

A gama de vinhos da Quatro Cravos é composta pelas seis gamas produzidas pela empresa na Bairrada: Pé de Ganso, Original, Encosta da Dona, Tapada de Baixo, Flutt e Vivo.

Até lá, carregue na galeria para conhecer melhor as três gamas disponíveis no mercado no momento.

ver galeria

Áudio deste artigo

Este artigo foi escrito em parceria com a Sociedade Agrícola Quatro Cravos, Lda.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT