Gourmet e Vinhos

O vinho tinto digno de um rei que deve ter na sua garrafeira (custa menos de 7€)

Juntas as castas Alicante Bouschet e Castelão. Tem uma “cor granada intensa com nuance carmim", descreve o Aníbal José Coutinho.
Este vinho tinto junta Alicante Bouschet e Castelão.

Aqui está mais um vinho que deve ter sempre na garrafeira de casa para levar para convívios com amigos ou para abrir num final de tarde antes de começar a preparar o jantar. O Magnânimo D. João V Reserva Vinho Tinto 2019 é da região de Lisboa, custa menos de 7€ e junta as castas Alicante Bouschet e Castelão. Conseguiu 93 pontos — em 100 possíveis — numa lista do crítico Aníbal José Coutinho.

“Cor granada intensa com nuance carmim. Especiarias doces de baunilha com bagos e frutos vermelhos. Faz lembrar um cheesecake”, explica o crítico. Esta referência da Adega Cooperativa da Azueira apresenta 13,5% de teor alcoólico. Lisete Lucas foi a enóloga responsável pela criação. Está à venda, por exemplo, na loja online da Smart Farmer por 6,60€.

Está à venda por 6,60€.

O crítico já nos habituou a sugestões de grandes referências, para todos os gostos e preços. Todos os anos lança o “Guia Popular de Vinhos”, que já se tornou de consulta obrigatória. Também edita livros online com as melhores sugestões anuais.

Na mais recente publicação do género,“ Copo&Alma”, apresenta 309 propostas, entre elas, este rótulo da região de Lisboa. Esta é a única sugestão da Adega Cooperativa da Azueira a estar disponível nesta lista.

Carregue na galeria para conhecer outros bons vinhos portugueses e que custam menos de 5€.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT