Gourmet e Vinhos

Os maravilhosos doces e licores conventuais estão de volta ao Mosteiro de Alcobaça

A 24.ª edição do festival "Mostra Internacional de Doces e Licores Conventuais" acontece até domingo, 20 de novembro.
Doces,doces e mais doces /Foto de Turismo Centro Portugal.

Alcobaça volta a ser o paraíso dos mais gulosos. O famoso mosteiro da região recebe, mais uma vez, o festival que dá a conhecer todas as doçarias conventuais do País.  O evento chama-se Mostra Internacional de Doces e Licores Conventuais e acontece até domingo, dia 20 de novembro.

Em destaque estará aquela é conhecida como a “doçaria da casa”: cornucópias, pão-de-Ló de Alfeizerão e de Coz ou licor de ginja. O cartaz inclui outras iguarias nacionais como o pudim Abade de Priscos de Braga, os ovos-moles de Aveiro, os pastéis de Santa Clara de Coimbra, as brisas do Liz de Leiria, o licor de Singeverga de Santo Tirso, o D. Rodrigo de Portimão ou as trouxas do Mondego de Tentúgal.

O festival começou na quinta-feira, 17 de novembro. Mas até domingo ainda pode assistir a demonstrações culinárias, oficinas de doces e a momentos musicais que ficaram a cargo das sociedades filarmónicas e associações culturais do concelho. Porém, uma das grandes novidades desta edição é a banca do Hotel Montebelo – Mosteiro de Alcobaça Historic Hotel, que reserva algumas das maiores salas do antigo convento aos licores conventuais, chocolates e cerveja belga.

E, como não podia deixar de ser, a 24.ª edição do festival terá, mais uma vez, o espetáculo de videomapping Alcobaça – Terra de Paixão, que transforma a fachada do Mosteiro de Santa Maria numa tela para uma “experiência visual inesquecível” alimentada pela história do lugar e por “20 milhões de pixéls de luz”, como avança a autarquia, aqui citada pelo “Público”

As portas estão abertas das 10h30 às 23 horas, exceto no último dia, em que o encerramento está previsto para as 22 horas. A entrada é feita pela Ala Norte do mosteiro e custa 1€.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT