Gourmet e Vinhos

Ostreida: a nova vodka feita de ostras que sabe a mar

Criada nos Estados Unidos pela Industrious Spirit Company pode ser bebida num copo com gelo ou em cocktails.
Pode ser bebida simples ou em cocktail.

Ao natural, com umas gotas de limão, gratinadas ou fritas, são várias as formas de provar ostras em Providence, nos Estados Unidos. A cidade conta com mais de 400 milhas dedicadas ao cultivo destes moluscos em aquacultura. Desde o início do ano que as pode provar também numa bebida: foi criada uma vodka com este ingrediente.

A Industrious Spirit Company é a responsável por desenvolver o produto através da marca Isco. Foi criada há um ano e a celebração fez-se com a nova bebida que pode ser consumida simples, com gelo ou em cocktails.

Dan Neff foi o chef responsável por liderar a operação no destilador. O objetivo foi criar uma mistura equilibrada em relação a notas minerais e ao sal do mar, que remete para o sabor característico das ostras.

“Trabalhar no desenvolvimento desta bebida é muito inspirador para todos nós, uma vez que continuamos a dar vida a um espaço que foi anfitrião de tantas coisas semelhantes por muito tempo”, explicou Dan Neff ao “Food&Wine”. O chef fez assim referência ao facto da Isco trazer de volta à cidade a produção de destilados.

Parte da venda das garrafas de Ostreida vão para a Greenwave, uma organização que promove práticas sustentáveis no que diz respeito à produção oceânica.

No Matunuck Oyster Bar, em Providence, é possível provar a Ostreida em cocktails. É incluída, por exemplo, uma espécie de Martini com vinagre de vinho e cebolas, ou uma variação do tradicional Bloody Mary, com sumo de kimchi, condimento típico da gastronomia coreana.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT