Gourmet e Vinhos

Padaria “dá pão a quem precisa” e torna-se viral — clientes aplaudem e compram mais

Dono da Bela Vista, em São Martinho (Santo Tirso), explica à NiT que só quer ajudar "as pessoas que têm vergonha de pedir apoio".
Uma das caixas.

Nuno Moura, de 35 anos, dirige a padaria-café Bela Vista, em São Martinho do Campo (Santo Tirso). Há cerca de uma semana, começou a pôr, todas as noites, sacos com os pães que sobram à porta. A mensagem na caixa é simples: “Se precisar, pode levar embora”. Na manhã seguinte, está sempre vazia.

Os responsáveis pela padaria são bastante ativos nas redes sociais, que usam para divulgar os produtos, partilham os aniversários dos elementos da equipa e outros eventos locais. Como faz habitualmente, a mulher de Nuno, Susana, fotografou a caixa com os pães para oferecer e divulgou-a no Facebook — apenas como “mais uma partilha” com os clientes fiéis. Porém, acabou por ser bem mais do que isso, porque a imagem motivou uma onda de aplausos – a publicação, de 24 de outubro, já acumula milhares de gostos e centenas de comentários e partilhas.

“Estamos muito surpreendidos, isto tomou proporções inesperadas. Temos recebido inúmeras mensagens de felicitações, vindas de todo o País”, conta Nuno à NiT, que se revela “estupefacto”.

O objetivo original, explica, era modesto. “A nossa ideia passava só por ajudar quem passa necessidades. Pensámos nas pessoas aqui da nossa zona que sabemos estarem a atravessar dificuldades, em especial as mais velhas, mas têm vergonha de pedir apoio. Assim é mais simples, passam e levam o pão, à noite podem fazê-lo de forma discreta.”

Nuno (atrás, ao centro) com a sua equipa.

Nuno garante também que nunca houve desperdício na padaria. “Existe desde novembro de 2018, era de uma tia minha e nessa altura peguei no negócio e desenvolvi-o. Sempre demos o pão que sobrava, mas diretamente a algumas pessoas que conhecíamos.”

A Bela Vista tem serviço de café, servindo ainda pizzas, francesinhas e refeições ligeiras. Os clientes também já mostraram satisfação com a iniciativa. “Têm-nos dito que fizemos muito bem, até estão a comprar a mais, também querem ajudar.”

No ano passado, Nuno e Susana abriram uma segunda Bela Vista, na freguesia vizinha de São Salvador do Campo. Também deixam pão à noite, com igual resultado: de manhã, a caixa está vazia.

Quando iniciou esta ação, Nuno não pensou em quanto tempo iria durar, mas agora já sabe. “Enquanto houver pessoas a levar o pão, vai estar lá à espera delas.”

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT