Gourmet e Vinhos

Picante e cheia de molho: aprenda a fazer a bifana à moda do Porto

A versão nortenha é a grande rival da especialidade das Vendas Novas. A receita chega mesmo a tempo das festas populares.
"À moda do Porto".

Seja em nome de Santo António ou de São João, seja a bater com martelos na cabeça de desconhecidos ou a colecionar os manjericos mais bonitos, o que nunca pode faltar na festa dos Santos Populares são as famosas bifanas — sobretudo se não é fã das sardinhas. 

Passear pelas ruas da Graça, Alfama e Mouraria, no caso de Lisboa, ou em Miragaia, Fontainhas, Ribeira e Massarelos, no Porto, nunca seria o mesmo sem um pão numa mão e uma cerveja na outra. Ainda assim, não vale tudo. O tempo de espera que se passa nas intermináveis filas só vale a pena se a bifana for de qualidade, com o molho a escorrer pelo pão e uma carne suculenta, cheia de sabor.

Para não correr riscos e elevar a fasquia antes do início das festividades, a Cozinha à La Carte apresenta os segredos de uma verdadeira Bifana à moda do Porto. Qual a diferença desta para as restantes? A carne é laminada de forma muito fina e o molho é ligeiramente mais picante e intenso do que o normal. Outro detalhe é o pão que envolve a carne. Não se trata de um papo-seco nem de uma carcaça ou de um bijou. É, sim, o famoso molete. 

Embora a receita seja original de Vendas Novas, estas pequenas variações “à moda do Porto” fazem toda a diferença — que o diga o “Conga das Bifanas”, a casa-mãe da receita nortenha e especialista na matéria. Se não acredita, não há nada como fazer o teste em casa.

Do que precisa 

— 2 quilos de bifanas laminadas ou cortadas bem finas

Para o tempero

— Sal, pimentão doce, piripiri e cominhos q.b.
— Vinho branco q.b.

Para cozer as bifanas

— 250 mililitros de azeite
— 250 mililitros de óleo
— 200 gramas de banha
— 2 caldos de sabor a galinha/carne
— 2 colheres de sopa de polpa de tomate
— Sal, piripiri q.b.
— 330 mililitros de cerveja
— 100 mililitros de vinho do Porto
— 50 mililitros de Whisky
— Pão molete, pelo menos 2 por pessoa
— Batatas fritas

Como se faz

Deve temperar a carne, pelo menos uma hora antes de começar a fazer as bifanas. Caso compre as bifanas laminadas congeladas, deixe-as descongelar antes de as temperar. Tempere as bifanas com sal, piripiri, cominhos e pimentão doce e envolva bem a carne nas especiarias. Junte vinho branco e volte a envolver bem. Reserve.

Num tacho grande coloque as gorduras e leve ao lume até que a banha derreta por completo. Depois, junte os caldos e a polpa de tomate. Mexa bem para envolver. Junte as bebidas com álcool e deixe começar a ferver. Junte a carne ao tacho, separando-a bem e juntando, também, toda a marinada. Quando começar a ferver, retifique os temperos de sal e piripiri. Deixe ferver bem, até que a carne fique bem cozida.

Retire do lume e sirva de seguida, no pão ou no prato, sempre acompanhadas de batata frita.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT