Gourmet e Vinhos

Portugueses gastam (em média) mais de 200€ por mês no supermercado

Estudo revela que, em 2022, foram gastos mais de 32 milhões de euros em alimentos e bebidas não alcoólicas — diariamente.
Não é dos mais caros.

Os portugueses deixam, em média, 204€ por mês no supermercado. O valor consta de um estudo realizado pela Picodi, uma plataforma que analisa dados referentes à produção, distribuição e retalho alimentar, publicado a 17 de agosto. A análise revela que a Europa é a região do mundo onde mais se gasta em mercearia.

Segundo o estudo, em 2002, os portugueses gastaram mais de 32 milhões de euros por dia no supermercado. Isto não quer necessariamente dizer que os estabelecimentos tenham vendido mais, mas sim que praticaram preços mais elevados.

Calculada a média de todas as despesas, Portugal é o 13.º país mais caro da Europa. Estamos entre a Lituânia, onde se gasta uma média de 228€ e a Estónia, onde se gasta 197€. O primeiro lugar é ocupado pela Suíça (com uma média de 325€), seguida da Noruega (com 308€ por mês) e da Dinamarca (com 281€ mensais). Já na Moldávia é onde se gasta menos (88€).

Se a contabilização for feita mundialmente, dos 105 países analisados, Portugal aparece na posição 30 com 17,5 por cento das despesas mensais a irem para a alimentação e bebidas não alcoólicas. Este é um resultado semelhante ao registado na Polónia, Grécia e Hungria.

O valor gasto nas despesas de mercearia varia consoante o país. Dentro dos que apresentam gastar uma menor percentagem, encontram-se os Estados Unidos a dedicar uma percentagem de 6,7 por cento, Singapura gasta 8,4, Reino Unido 8,7, Irlanda 9,2 e Suíça 9,9 por cento.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT