Gourmet e Vinhos

Já pode provar receitas inéditas com queijo São Jorge em 20 restaurantes pelo País

Os pratos criados por vários chefs, como Alexandre Silva, Luís Gaspar ou Vítor Sobral podem ser provados até 29 de janeiro.
Não fique de fora.

O queijo de São Jorge DOP, produzido apenas na ilha açoriana que lhe dá nome, vai ser protagonista de uma série de criações inéditas em mais de 20 restaurantes espalhados pelo País. A iniciativa À Roda do Queijo, que pretende elevar “a excelência deste produto-ícone dos Açores”, decorre até dia 29 de janeiro, domingo.

Fogo, Oitto, Prado, Pica-Pau, Solar dos Presuntos e Tasca da Esquina são os espaços lisboetas envolvidos nesta grande festa gastronómica, para a qual profissionais como Alexandre Silva, Carlos Afonso, Luís Gaspar e Vítor Sobral prepararam propostas que trabalham as diferentes curas: sete, 12 e 24 meses.

Almeja, Apego, Oficina (Porto); Ó Balcão (Ribatejo), Gadanha Mercearia, Restaurante Palma (Alentejo), Kampo, Já Fui Jaquet (Madeira), Sabores Sopranos, São Jorge, O Petisca, Magma, Taberna Saca-Rolhas, Q.B e Cantina da Praça (Açores) são os outros estabelecimentos envolvidos no evento. Além de receitas exclusivas, estes também vão apresentar tábuas de queijos que mostram o produto, “exclusivamente nacional e único no mundo”, no seu estado original.

O queijo São Jorge DOP, produzido há mais de 500 anos, desde a sua descoberta em meados do século XV, “é feito a partir de leite de vaca cru, coalho e sal, apresentando um aroma forte e sabor ligeiramente picante. Tem um teor de gordura de 36 por cento e as curas variam entre três e 36 meses”, explicam a Uniqueijo e a LactAçores, que organizam a iniciativa.

Segundo as marcas, responsáveis pela produção e distribuição do alimento, as suas características distintas “resultam das condições edafoclimáticas [relativo aos solos e ao clima] únicas desta ilha, que originam pastagens de culturas variadas, resultando num queijo de qualidade superior”.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT