Gourmet e Vinhos

Sidrama. O festival internacional onde pode provar mais de 100 sidras está de volta

A segunda edição do evento inclui workshops, harmonizações feitas no momento, concertos, DJ sets e muitos petiscos, claro.
Aponte na agenda.

Durante três dias, Ponte de Lima, vila minhota no distrito de Viana do Castelo, recebe o Sidrama, Festival Internacional de Sidras e Bebidas do Pomar. Durante três dias, a bebida alcoólica obtida a partir da fermentação de maçãs será a protagonista. Tudo acontece de 25 a 27 de agosto, na Avenida dos Plátanos.

Este ano, na segunda edição da iniciativa, poderá provar mais de uma centena de sidras e outras bebidas do pomar criadas por mais de 25 produtores nacionais e internacionais. Entre os novos projetos portugueses, destacam-se a Sidrada do Bombarral, a transmontana Sidra Alfa, e as mais recentes Duura, de Vila Verde; Quinta da Moscadinha, oriunda da Madeira; sem esquecer a Boazona e a Vadia, ambas produzidas no centro do País. 

“Merecem ainda destaque o projeto de restauração Celta Endovélico do Porto, pioneiro na inovadora oferta de gastronomia e sidra; a Zidra Romã, um projeto da região de Leiria e do maior pomar de romãs de Portugal. E, finalmente, a limiana Nua, uma marca da casa, que recupera a tradição e faz um trabalho sustentável de recuperação e recolha de macieiras e maçãs da região, em parceria com a Escola Superior Agrária de Ponte de Lima”, revela a organização.

Quanto a produtores internacionais, registam-se participações das regiões sidreiras de Itália, Suécia, Letónia, Noruega, Inglaterra e Áustria, a que se juntam as regiões espanholas da Cantábria, Galiza, Astúrias e País Basco. E ainda uma novidade muito especial, que vai surpreender muitos visitantes: as sidras da África do Sul, uma estreia que promete fazer as delícias do público.

Para harmonizar com os sabores do pomar, o recinto do festival conta com uma vasta oferta de comida de rua, incluindo um petisco supresa criado exclusivamente para acompanhar as sidras. 

Os participantes poderão também participar nas master classes sobre a bebida e harmonizações gastronómicas. Já a programação musical está a cargo de bandas como Morherfluters, Djalmados e Toque Social, e dos DJ Ricardo Beja, Fino, o Português Suave, Mok Groove, Sérgio Bastos e Carlos Fontoura.

“Da agenda Sidrama consta ainda outro dos pontos altos do networking sidreiro do evento: uma visita dos produtores convidados ao Mosteiro de Refóios, onde a Escola Agrária de Ponte de Lima preserva e tem identificado o ADN das maçãs do Vale do Lima.”

Todos os espetáculos são de acesso gratuito, bem como a circulação na Avenida dos Plátanos. Para consumir terá de adquirir os copos oficiais do evento, com duas versões: o “Prova” (menor quantidade) custa entre 1€ e 1,5€; o “Cheio” custa entre os 2€ e os 4€, com algumas edições mais raras com preços entre os 4€ e os 6€. Também estarão disponíveis garrafas e latas para levsar, a preços promocionais.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT