Gourmet e Vinhos

Uma das mercearias históricas mais bonitas do mundo está em Lisboa: sabe qual é?

Entre espaços dos Estados Unidos, Inglaterra, Alemanha, Rússia ou Espanha, existe uma loja portuguesa cheia de tradição.
A Manteigaria Silva é o único espaço de Lisboa.

Primeiro foi o “Financial Times”, depois a “Forbes”. Isto em 2021. E, no início deste ano, mais uma publicação internacional se rendeu à Manteigaria Silva. O “Love Food” elegeu as mais bonitas mercearias históricas do mundo. Entre 30 espaços de vários países está a loja do Rossio, da Rua D. Antão de Almada.

“Desde 1890 que a Manteigaria Silva serve presuntos curados, queijos Serra da Estrela e bacalhau aos lisboetas”, começam por escrever. “É uma das lojas mais antigas da capital portuguesa, a única que mantém a sua originalidade.

A loja nacional aparece na 22.ª posição na galeria das mais belas. Ainda assim, não se trata de um ranking. A seleção não elege melhores nem piores. “Sobreviveram à monarquia, a guerras, crises financeiras e até à atual pandemia global. Sempre foram destinos de visita obrigatória”, explica o “Love Food”.

“Estas são as 30 melhores mercearias do mundo: têm histórias inspiradoras, uma arquitetura deslumbrante e até algumas das comidas e bebidas mais incríveis do planeta”, continua. Deste grupo também fazem parte a Russ & Daughters, nos Estados Unidos; a Fortnum & Mason, em Inglaterra; a Épicerie J.A. Moisan, no Canadá; a Rogacki, em Berlim; ou a Aziz Delicatesse, no Líbano.

No início de dezembro, a “Forbes” também destacou a Manteigaria Silva, mas nesse caso numa seleção apenas com espaços lisboetas.

“A par de todos os novos mercados, alguns dos clássicos de longa data de Lisboa continuaram a fazer o que sabem fazer melhor. A Manteigaria Silva abriu pela primeira vez no centro histórico da cidade em 1890. Na altura, a manteiga era um produto de luxo, vinha dos Açores e era o primeiro produto a ser vendido”, escreveu a publicação.

Carregue na galeria para conhecer as melhores mercearias gourmet de Lisboa, segundo a “Forbes”.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT