gourmet e vinhos

Vinho português de 4€ é das maiores pechinchas de 2021 para o “The Washington Post”

Dave McIntyre apelidou este vinho de Setúbal de “extraordinário”. Apenas o tinha provado há poucas semanas.
O vinho está à venda em Portugal por 4€.

O ano de 2021 terminou com mais um vinho português a ser elogiado internacionalmente. O “The Washington Post” elaborou uma lista de pechinchas, com referências mais em conta. No top está o Pioneiro Tinto 2018, da Península de Setúbal. Dave McIntyre, crítico de vinhos do jornal norte-americano, considerou-o “extraordinário”.

“Portugal já não nos devia surpreender com os seus vinhos de grande valor. E, no entanto, este espantou-me com a complexidade que oferece por esse preço”, começou por escrever Dave McIntyre. Esta referência está à venda em Portugal na loja online da Venâncio Costa Lima por 4€.

O mais impressionante é que os sabores se desenvolveram e se tornaram cada vez mais interligados ao longo dos dias seguintes. Setúbal fica no centro de Portugal, a sul de Lisboa, mas este vinho fez-me pensar num Porto não fortificado”, continuou.

O Pioneiro Tinto 2018 é produzido pela Venâncio Costa Lima.

O especialista revela ainda que seria um boa referência para ter em casa nos primeiros meses de 2022. Este Pioneiro Tinto da casa Venâncio Costa Lima junta as castas Castelão, Aragonês e Syrah. Tem 13,5 por cento de teor alcoólico. É ideal para servir com pratos de carne, queijos e até sugestões de massas.

A lista de Dave McIntyre junta 12 vinhos, todos com preços baratos. O português ficou em primeiro lugar, mas também há referências dos Estados Unidos, Austrália, Espanha, África do Sul, França ou Itália.

Carregue na galeria para conhecer os vinhos que foram eleitos os melhores da região de Setúbal no recente Concurso de Vinhos da Península de Setúbal.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT