« Comida e arte à mesa do Oficina

De oficina a centro de arte e gastronomia

Foto de Elisa Simões
Até ao início do século, este edifício em Miguel Bombarda acolheu uma oficina de restauro de automóveis. Durante uma década, Fernando Santos, que se gaba de ser “o primeiro galerista a instalar-se em Bombarda”, usou-o para organizar conferências e exposições, numa espécie de extensão da sua galeria, a poucos metros de distância do atual Oficina.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT